Nacional

Bolsonaro, Girão e Fabio Faria são denunciados por propaganda eleitoral antecipada no RN

Publicado

Foto: Assessoria

Além do mico de participar da encenação da inauguração de uma obra inacabada, Bolsonaro volta do Rio Grande do Norte com uma pendência judicial: o mandatário – junto com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o deputado federal General Girão (PSL) e o ex-senador Magno Malta – foi denunciado por fazer campanha eleitoral antecipada com dinheiro público em Jardim de Piranhas, na região Seridó.

A representação foi protocolada no final da tarde desta quarta-feira, 9, pela engenheira e ativista Samanda Alves.

Bolsonaro e seus correligionários pediram voto de forma explícita num palanque montado pelo governo federal e com transmissão ao vivo pela TV Brasil.

“Inadmissível o uso de dinheiro público para fazer campanha eleitoral antecipada”, disse Samanda ao DCM. “Não vamos nos calar. A notícia está circulando no Brasil todo e por esse motivo nós estamos pedindo que o Ministério Público denuncie o fato à Justiça”.

Magno Malta foi o mais indecoroso.

“Nós precisamos reconduzir esse homem ao poder, à reeleição”, discursou o ex-senador pelo Espírito Santo.

“Depois dele, outro conservador. Porque… Quem quer se tornar Venezuela e Argentina levante a mão. Quem quer ficar debaixo de um regime chinês levante a mão”.

Fábio Faria pediu voto de forma explícita

Durante a cerimônia, que aconteceu em Jadim das Piranhas, as águas, por um erro no projeto, não tinham alcançado sequer a cidade de São Bento, que fica a 18 quilômetros dali.

Veja Mais:  Antônio Denarium é eleito onovo governador de Roraima, com 53,4% dos votos

A “encenação” bancada com dinheiro público foi uma festa.

Teve as presenças de outros políticos e autoridades, como o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e do prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), que deixou a capital e foi até Caicó, sua cidade de origem, para encontrar Bolsonaro.

Para justificar a representação, entregue à Procuradora da República, titular do Ofício Único de Caicó/RN, Drª Maria Clara Lucena Dutra de Almeida, Samanda usou trechos dos discursos com teor de campanha eleitoral feitos, além de Magno Malta, por Bolsonaro, Fábio Faria e pelo general Girão, anexando como prova a transmissão do evento.

Girão, em clima de campanha, começou seu discurso atacando a Governadora do Estado, Fátima Bezerra:

“A gente não tem gestão pública aqui no estado”, disse. “É uma dor de barriga, mas vai passar se Deus quiser”.

“Nós temos um projeto, o projeto de reeleger o presidente Bolsonaro”, disse Fábio Faria.

Diz o artigo 3º-A da Resolução 23.610 do Tribunal Superior Eleitoral, de 18 de dezembro de 2019: “Considera-se propaganda antecipada passível de multa aquela divulgada extemporaneamente cuja mensagem contenha pedido explícito de voto, ou que veicule conteúdo eleitoral em local vedado ou por meio, forma ou instrumento proscrito no período de campanha. (Incluído pela Resolução nº 23.671/2021)“.

Último a falar, Bolsonaro voltou a culpar os governadores pelo aumento dos combustíveis, numa indireta à governadora Fátima Bezerra.

Veja Mais:  Soltos por erro da Justiça, Edson Albertassi e Paulo Melo voltam para a prisão

“Procure saber quanto ganha a governadora daqui com o litro de gasolina que vocês botam no carro de vocês”, disse, em tom de ironia.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Da redação com IG

Comentários Facebook

Nacional

Audiência discute programa de prevenção e tratamento da endometriose

Publicado

Depositphotos
Uma mulher está sentada na cama com a mão na barriga
Mais de 6 milhões de mulheres são afetadas pela endometriose no Brasil

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados debate nesta quarta-feira (29) o programa de prevenção e tratamento da endometriose no Brasil. O programa está previsto no Projeto de Lei 3246/21, do deputado Roberto de Lucena (Pode-SP), aprovado pela comissão no fim do ano passado.

A relatora, deputada Rosana Valle (PSB-SP), que pediu a realização da audiência, afirma que mais de 6 milhões de mulheres são afetadas pela endometriose no Brasil.

A endometriose é uma doença ginecológica caracterizada pela presença de células uterinas que se desenvolvem fora do útero, inclusive em outros órgãos. Os sintomas incluem desde fortes cólicas no período menstrual até dificuldades para engravidar e atingem até 10% das mulheres em idade reprodutiva, de acordo com o Ministério da Saúde.

“Apesar do alto número de pacientes, a doença, que não tem cura, ainda tem diagnóstico difícil e muitas ainda sofrem pela falta de informação, de estrutura e acesso aos serviços de saúde, o que agrava a situação”, afirma Rosana.

Debatedores
Foram convidados para participar da discussão, entre outros, a presidente da Associação Endomulheres Baixada Santista, Flavia Marcelino, e os ginecologistas Fábio Morozetti Ramajo e Guilherme Karam.

A audiência será realizada no plenário 14, a partir das 15h30, e poderá ser acompanhada por meio do portal e-Democracia.

Veja Mais:  Após passar noite internado e fazer exames, Bolsonaro deixa hospital em Brasília

Da Redação – ND

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Comissão debate reforma da Ponte Marechal Hermes da Fonseca, em Pirapora

Publicado

Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de MG
Ponte Marechal Hermes da Fonseca, erguida sobre o Rio São Francisco conectando os municípios mineiros de Pirapora e Buritizeiro - Ponte Velha
Ponte Marechal Hermes da Fonseca

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados discute nesta quarta-feira (29) a reforma da Ponte Marechal Hermes da Fonseca, erguida sobre o Rio São Francisco conectando os municípios mineiros de Pirapora e Buritizeiro. O debate atende a solicitação do deputado Paulo Guedes (PT-MG).

O parlamentar explica que a ponte metálica, conhecida na região como “Ponte Velha”, foi construída como parte da Estrada de Ferro Central do Brasil, em 10 de novembro de 1922 e está prestes a completar seu centenário.

“A ponte se encontra desativada para objetivos ferroviários e rodoviários, sendo utilizada apenas para passagem de pedestres pelas passarelas laterais”, afirma. Guedes ressalta que, além de ligar os municípios, a ponte é também um patrimônio histórico, tombado em 1985. “É um ativo com grande potencial turístico para a região, entretanto seu estado de conservação é lamentável”, alerta.

Foram convidados para a audiência, entre outros, representantes do Ministério da Infraestrutura, do  Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), da Diretoria de Infraestrutura Ferroviária, da Empresa VLI Multimodal S.A, além dos prefeitos de Pirapora e de Buritizeiro.

O debate será realizado às 16 horas, no plenário 5.

Da Redação – RL

Comentários Facebook
Veja Mais:  Boca de urna: com 45%, Bolsonaro vai para segundo turno com Haddad
Continue lendo

Nacional

Comissão debate culturas e resistências dos povos indígenas

Publicado

Marcos Vergueiro/Secom-MT
Direitos Humanos - índio - indígena - população indígena - Aldeia Salto da Mulher Balnearo Rio Sacre em Campo Novo do Parecis
Debate abordará desafio de fortalecer identidades de povos indígenas

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados discute nesta quarta-feira (29) as culturas e resistências dos povos indígenas. O debate atende a requerimento da presidente do colegiado, deputada Professora Rosa Neide (PT-MT).

A deputada destaca que existe um enorme desafio na direção de fortalecer as identidades e culturas dos povos indígenas brasileiros, a fim de assegurar a proteção e a promoção dos conhecimentos tradicionais e do patrimônio cultural material e imaterial dos povos indígenas.

“Precisamos acumular e projetar bastante o valor das culturas indígenas, identidades, diversidades culturais, cidadanias, sustentabilidade, usos, costumes e tradições”, afirma.

Foram convidados para discutir o assunto, entre outros:
– a liderança Huni Kui, Ninawa Huni Kui;
– a mestre em Direito Público Lúcia Fernanda Jófej Kaigang; e
– a doutora em Estudos da Cultura Contemporânea pela UFMT Isabel Teresa Cristina Taukane.

O debate será realizado às 15h30, no plenário 10.

Da Redação – RL

Comentários Facebook
Veja Mais:  Fux revoga auxílio-moradiade juízes e reduz impacto de reajuste no Judiciário
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana