Rondonópolis

Começa o trabalho de revitalização asfáltica na Vila Operária

Publicado

Foto: Assessoria

A Prefeitura de Rondonópolis iniciou a revitalização asfáltica das ruas da Grande Vila Operária, região mais populosa da cidade, que congrega cerca de 80 bairros. A empresa contratada pelo município para executar o serviço deu pontapé inicial na obra, que significará a restauração da malha viária pavimentada da região, pela rua Campo Limpo, no bairro Sumaré.

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), ao todo serão aplicados nas ruas da Vila Operária 380.772.64 metros quadrados de microrrevestimento, um material prolonga o tempo de vida útil do asfalto, evita o surgimento de buracos, sobretudo depois de chuvas. O valor investido pelo município para executar esta obra de revitalização asfáltica é de R$ 4.603.557,26.

Ao todo, com esta intervenção da Prefeitura de Rondonópolis, serão beneficiados mais de 30 mil moradores da Vila Operária e bairros adjacentes. As vias que serão contempladas ficam entre os córregos Canivete e Lajeadinho, bem como da rua José Barriga e avenida Bandeirantes.

Grande parte do montante do recurso que será investido na obra é proveniente da economia que a Câmara de Vereadores conseguiu fazer no ano passado do valor obrigatório repassado mensalmente para sua manutenção pelo Executivo Municipal, o chamado duodécimo.

Segundo o prefeito Zé Carlos do Pátio, para ampliar o serviço de revitalização asfáltica na Vila Operária, que era uma reivindicação antiga da comunidade, o município deu “um plus’ no recurso que a Câmara devolveu.

Veja Mais:  Prefeitura e iniciativa privada realizam testagem e exames em caminhoneiros nas BRs 163/364

Ele destaca que, além de dar uma “nova cara” para esta importante região da cidade, este trabalho de revitalização contribui para melhorar as condições de trafegabilidade das vias e aumentar o tempo de vida útil do asfalto, fazendo assim com que o município economize recursos com tapa buracos.

Pátio ressaltou, ainda, que o município está investindo para melhorar as condições do pavimento asfáltico da cidade, que é envelhecido. “Além do recapeamento de vias quadrilátero central, vários bairros da cidade já foram contemplados com a lama asfáltica”, citou o prefeito, acrescentando que a Coder (Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis) está trabalhando em várias frentes para aplicação de lama asfáltica em vias asfaltadas de diversos bairros da cidade.

Rondonópolis

Simulado de acidente com produtos perigosos é realizado na BR-163 em Rondonópolis

Publicado

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (12.08) em Rondonópolis, em frente a empresa Transcamila na BR-163  o simulado operacional com cenário envolvendo acidente de trânsito e produtos perigosos. O evento foi realizado pelo 3º Batalhão Bombeiros Militar de juntamente com a Polícia Rodoviaria Federal (PRF), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA), Rota do Oeste e a empresa Transcamila.

 O cenário do simulado consistia em uma colisão traseira de um carro de passeio com um caminhão transportando agrotóxico. No carro de passeio tinha uma vítima que ao inalar o produto perigoso ficou desacordada. Neste tipo de ocorrência a Rota do Oeste isola o local e aciona o Corpo de Bombeiros Militar para retirar a vítima do local do acidente e conter o vazamento do produto perigoso. As roupas de proteção para este tipo de ocorrência são especiais, pois requer maior proteção dos socorrista de modo a evitar a contaminação com o produto. Depois que o Bombeiro Militar retira a vítima da área quente (local onde aconteceu o acidente) leva a vítima para um local para fazer a sua descontaminação com água abundante e sabão neutro (local denominado área morna). E todos os outros apoios como ambulância e suporte ficam no local denominado de área fria. É importe salientar que cada produto perigoso possui uma distância mínima e um procedimento específico a ser respeitado.

Foto: Assessoria

Os simulados têm como objetivo preparar as equipes de cada força de forma a respeitar e sincronizar o atendimento para uma rápida e eficiente resposta a aquela vítima que necessita de um atendimento.

Veja Mais:  Prefeitura e iniciativa privada realizam testagem e exames em caminhoneiros nas BRs 163/364

Continue lendo

Rondonópolis

Vândalos furtam fiação elétrica da iluminação pública da praça do Jardim Belo Horizonte em Rondonópolis

Publicado

.

A praça pública do bairro Jardim Belo Horizonte foi alvo de vândalos que furtaram cabos de energia elétrica prejudicando a iluminação do local. As equipes da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) estiveram no local nesta quarta-feira (12) verificando a ação.Um dos bancos da praça também foi furtado.

A Gerente de Departamento de Obras e Urbanismo da Secretaria de Esporte e Lazer, Bruna da Silva, informou que um boletim de ocorrência será registrado para apurar os fatos.

Conforme verificado os vândalos levaram 12 metros de cabo de 10 milímetros e 20 metros de cabo multiplexado de 16 milímetros. A pasta já está tomando todas as medidas cabíveis para solucionar o problema.

A secretaria também pede a colaboração da comunidade para denuncie a ação criminosa para que assim seja preservado o equipamento público.

PRAÇA NOVA

A praça pública do Jardim Belo Horizonte foi entregue à comunidade há cerca de três meses e ocupa uma área de 10.800 m². A obra foi custeada com recursos próprios do município, na ordem de R$ 464.245,40. No local foram construídos passeios públicos externos, pista de caminhada, mesa de jogos, tabela tripla de basquete, iluminação, paisagismo, academia popular e play ground infantil, entre outros.

A praça representa um importante espaço público de lazer, entretenimento e diversão para a comunidade não apenas do residencial Jardim Belo Horizonte, mas sobretudo para os bairros circunvizinhos, como Moradas de Parati, Jardim Tropical e Jardim Esmeralda.

Veja Mais:  Respiradores Falsos; Liminar decreta indisponibilidade de bens dos envolvidos em aquisição

Continue lendo

Rondonópolis

Avenida Daniel Clemente começa receber novo asfalto

Publicado


.

Inserida no programa de revitalização da pavimentação asfáltica da malha viária da cidade, a avenida Daniel Clemente está ganhando um novo visual a partir do trabalho de requalificação feito pela Prefeitura de Rondonópolis. 

Nesta semana foi dada a largada para a obra de restauração do asfalto com a realização dos serviços de fresagem e o recapeamento da avenida que tem uma grande importância para mobilidade da cidade. O recapeamento está sendo feito com material do tipo Concreto Betuminoso Usinado à quente (CBUQ). 

A Daniel Clemente conta com uma grande circulação de veículos e é uma via de acesso a diversos bairros, à Rodovia do Peixe e várias empresas instaladas no Distrito Industrial Rondonópolis. 

O recapeamento será feito em toda a extensão da avenida, indo do viaduto sobre as BRs 163 e 364 até o início da Rodovia do Peixe. Os recursos para o custeio das obras são oriundos de emenda da bancada federal de Mato Grosso, com contrapartida do município.

“Todo o asfalto antigo já está sendo substituído por uma nova camada asfáltica”, disse o fiscal do contrato, o engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), Fernando Vilela. A obra está inclusa num contrato orçado em mais de R$ 7 milhões, que beneficiam com pavimentação também o acesso aos bairros da região do Grande Conquista e o complemento das Binários Norte e Sul, ambas margeando a Avenida dos Estudantes. 

Veja Mais:  Simulado de acidente com produtos perigosos é realizado na BR-163 em Rondonópolis

Além de um novo visual para a avenida Daniel Clemente e a melhoria da sua infraestrutura, a revitalização possibilitará mais conforto e uma maior segurança para os milhares de condutores que trafegam diariamente pela região. 

A obra teve como ponto de partida o trecho da avenida nas imediações do início da Rodovia do Peixe, nas proximidades do acesso aos bairros Magnólia e Dona Fiúca. Segundo Fernando, o planejamento inicial é que a requalificação das duas pistas da Avenida Daniel Clemente seja concluída dentro de 30 dias, garantindo novo pavimento. 

O engenheiro da Sinfra comentou que todo o trabalho está sendo desenvolvido sem a necessidade, neste momento, de fechamento completo da avenida. Dessa forma, a orientação para os condutores que trafegam pelo local é que redobrem a atenção, pois as interdições acontecem apenas nas faixas em que a equipe da empresa contratada para executar a obra estiver atuando. 

Ação contínua
A recuperação da malha viária pavimentada de Rondonópolis é uma ação continua desenvolvida pela administração municipal desde 2017. 

Esse ano, por exemplo, a administração municipal já concluiu o serviço de aplicação de microrrevestimento asfáltico em mais de 380 mil metros quadrados de ruas e avenidas de diversos bairros da região da Vila Operária, a mais populosa da cidade. 

Neste momento, a prefeitura também avança com uma outra etapa de obras de revitalização do pavimento asfáltico de ruas e avenidas da cidade por meio do microrrevestimento. São duas frentes de trabalho que ao todo devem restaurar nesta etapa mais de 60 km de pavimento envelhecido, beneficiando mais de 30 bairros da cidade.

Veja Mais:  Gelsão da Saúde é pré-candidato a vereador

Além disso, o município já realizou desde 2017 o recapeamento das vias do quadrilátero central com CBUQ e, ainda, fez a aplicação da lama asfáltica em ruas de vários bairros. 

Viabilizadas com recurso próprios, as obras de revitalização asfáltica da malha viária da cidade objetivam melhorar as condições do pavimento para trafegabilidade de veículos, além de valorizar e melhorar o visual das ruas e avenidas.

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana