Esportes

Corrida promovida pelo ICV reuniu mais de 200 atletas para alertar sobre a emergência climática

Publicado

Evento foi realizado no domingo (8), na região do Chapéu do Sol, em Várzea Grande

Foto: Assessoria

Os primeiros raios de sol anunciavam o nascer do dia. Quem estava acordado nas primeiras horas da manhã, sentia na pele o frio incomum para o mês de maio em Cuiabá. No nariz, o tempo seco já se fazia sentir. O paratleta Gilberto Zmyslony, de 49 anos, se preparava para sair de casa rumo a 2ª edição do Movimento pelo Clima, do Instituto Centro de Vida (ICV).

A corrida de rua foi realizada no último domingo (8), na região do Chapéu do Sol, em Várzea Grande. O seu objetivo foi conscientizar os esportistas e a população em geral sobre as mudanças climáticas e os seus impactos e prejuízos no cotidiano.

“No período da seca, tem dias que é impossível sair de casa para andar de bicicleta. É terrível a fumaça, sufoca. É impossível até mesmo de praticar esportes. Ainda falta consciência do povo, então a gente briga bastante por isso, para a conscientização, mas é difícil”, disse Gilberto.

Esta edição do Movimento pelo Clima aconteceu em celebração aos 31 anos de atuação do ICV em Mato Grosso na defesa do da conservação ambiental, do desenvolvimento sustentável e da preservação dos povos originários.

Aproximadamente 215 atletas percorreram percursos de 5 e 10 quilômetros e, antes e depois da prova, puderam conhecer o trabalho e história do instituto.

Veja Mais:  Departamento de marketing e diretoria do União E.C define novo mascote do clube; Torcida fica de fora na escolha

Para a diretora executiva do ICV, Alice Thuault, existe uma emergência climática em andamento e é preciso sensibilizar a população para que de forma coletiva seja possível pensar em práticas para revertê-la.

“Enquanto cidadão, o que a gente precisa fazer é simplesmente votar melhor, pensar nisso quando a gente olha para as políticas públicas e quando a gente olha para os nossos tomadores de decisão. Nós somos a geração que vai fazer a diferença, então precisamos nos mobilizar”, afirmou.

A atleta Yoshie Kawano, de 58 anos, foi uma das participantes da prova. Ela faz parte das corridas de rua em Cuiabá há quase 3 anos. A sua motivação principal é a melhoria na sua saúde e no seu desempenho esportivo. Uma das suas preocupações, no entanto, é justamente a crise climática.

“A gente fica muito mais saudável, e cria umas amizades saudáveis. Então é isso o que motiva. O foco é a saúde e a gente vai correndo, vai se empolgando, vai melhorando. A gente corre uma já pensando na próxima. Mas a questão da mudança do clima é algo que a gente vê acontecendo, então é algo que ameaça a continuidade da nossa prática”.

A diretora adjunta do ICV, Camila Rodrigues, afirmou que o primeiro passo para a mudança é fazer com que as pessoas se deem conta de que as mudanças climáticas são reais e que é preciso repensar os hábitos e a forma de se estar no mundo.

Veja Mais:  Copa FMF 2021: Sinop e União duelam nesta quarta-feira em confronto atrasado

“Muitas vezes as pessoas se distanciam um pouco dessa discussão. Mas é preciso repensar a forma dos nossos recursos, a forma em que a gente se locomove, como a gente se desloca, como a gente pensa em saúde. A ideia é a partir desse momento de conscientização, começar a propor soluções a partir do nosso trabalho no dia a dia”, finalizou.

Movimento

A primeira edição do Movimento pelo Clima foi realizada em novembro de 2021 em Alta Floresta (a 800 km de Cuiabá). Cerca de 100 ciclistas percorreram um trajeto de 30 quilômetros na área rural do município, com destino à comunidade de Nossa Senhora de Guadalupe.

Na ocasião, os participantes foram informados sobre a produção e o consumo de alimentos saudáveis e produzidos localmente.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook

Esportes

Cuiabá divulga nota de repúdio contra árbitro na derrota contra o São Paulo

Publicado

O Cuiabá EC qualifica como inaceitável o que ocorreu hoje na arbitragem da partida contra o São Paulo FC, no Morumbi, pela Série A.

Não há justificativas para a escalação de um novato para a partida de hoje, alterando o rumo de escolher árbitros qualificados para as partidas do Brasileirão.

Não bastassem todas as dificuldades impostas pelos gigantes do futebol brasileiro, que insistem na fórmula de inflar seus ganhos às custas das equipes médias, temos que conviver com a escalação de um árbitro sem condições de apitar na elite do futebol brasileiro.

Alexandre Tavares de Jesus fez sua estreia de forma esdrúxula, marcou um pênalti inexistente contra nossa equipe, deu-se ao luxo de não consultar o VAR sabe-se-lá-por-que e ainda expulsou o atleta Jonathan Cafú depois de não ter marcado nem falta no mesmo lance.

O Cuiabá informa que fará protesto formal na CBF, embora saiba que este tipo de atitude dificilmente gere alguma consequência palpável.

A discussão da criação da Liga Brasileira de Clubes e o discurso de união precisam ter como fundamentos duas premissas: o fim da desigualdade financeira das receitas, hoje na proporção de oito para um, e a profissionalização da arbitragem. Fora disso, o futebol brasileiro seguirá cada vez mais distante do esporte praticado em outras partes do mundo.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  Vasco reclama da atuação do VAR em jogo contra o Ceará
Continue lendo

Esportes

Após eliminação na Copa do Brasil Pintado é demitido do Cuiabá

Publicado

Treinador Pintado – Foto: Assessoria

O Cuiabá foi eliminado da Copa do Brasil pelo Atlético-GO na noite desta quarta-feira (11) após empatar em 0 a 0 e perder a disputa de pênaltis por 5 a 3, na Arena Pantanal. Como consequência da eliminação a diretoria anunciou a demissão do técnico Pintado logo após a partida.

Além da eliminação, o Dourado deixou de ganhar uma premiação de R$3 Milhões.

Pintado chegou ao Cuiabá no início da temporada e conquistou o Campeonato Mato-grossense e deixa o clube com sete pontos e na 11ª posição no Brasileirão.

O Dourado volta a campo no próximo domingo (15) diante do São Paulo, no Morumbi, e quem irá comandar a equipe será Fernando Iubel, treinador auxiliar que retornou recentemente ao clube.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  Em recuperação de lesão, Paulão desfalcará o Cuiabá
Continue lendo

Esportes

Tite convoca seleção para jogos contra Coreia do Sul e Japão em junho

Publicado

Tite, técnico da Seleção Brasileira
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite convocou a seleção masculina brasileira para os próximos jogos preparatórios para a Copa do Mundo do Catar, contra a Coreia do Sul e Japão em junho. A principal novidade na lista de 27 atletas, anunciada nesta quarta-feira( 11) é a presença do meia-campista Danilo (Palmeiras). O primeiro amistoso será em 2 de junho, contra a Coreia do Sul, na capital Seul, e quatro dias depois o Brasil encara o Japão, em Tóquio.

Além de Danilo, a relação tem somente outros dois jogadores que atuam no país: o goleiro Weverton (Palmeiras) e Guilherme Arena (Atlético-MG).  O amistoso contra a Argentina – programado para 11 de junho em Melbourne (Austrália) – foi cancelado e a CBF buscará novo adversário. A Copa do Catar começa no dia 21 de novembro, e o Brasil estreia três dias depois contra a Sérvia (Grupo G).

Durante a coletiva, Tite ressaltou o objetivo dos próximos jogos.

Ela [a seleção} precisa ser mais criativa e ofensiva e nós colocamos isso há algum tempo atrás. Nesses cinco últimos jogos ela atingiu esse nível e a gente quer consolidar esse aspecto para que ela seja equilibrada. Para você vencer, que é o objetivo final, você tem que ser sólido, criativo e fazer gol, transformar em gol, ser efetivo, consolidar isso com os diferentes adversários. Eu disse adversário, não inimigo”.

Os dois amistosos serão os penúltimos da seleção sob o comando de Tite antes da convocação final para a Copa do Catar. Em setembro a seleção tem jogo preparatório agendado contra o México. O Brasil tem ainda pela frente um confronto contra a Argentina, válido pelas Eliminatórias da Copa, interrompido em setembro após intervenção da Anvisa, em meio à pandemia de covid-19.  Na última segunda (9), o Comitê de Apelação da Fifa decidiu que a partida deverá ser reagendada, depois de considerar os recursos apresentados pelas federações de ambos os países.

Veja Mais:  Cuiabá e Sampaio Corrêa voltam a se enfrentar após três anos

Líder no ranking da Fifa, o Brasil está no Grupo G da Copa do Mundo, junto com Sérvia, Suíça e Camarões.

Convocados

GOLEIROS

Alisson – Liverpool FC (ING)

Ederson – Manchester City (ING)

Weverton – Palmeiras

LATERAIS

Alex Sandro – Juventus (ITA)

Alex Telles – Manchester United (ING)

Daniel Alves – Barcelona (ESP)

Danilo – Juventus (ITA)

Guilherme Arana – Atlético-MG

ZAGUEIROS

Eder Militão – Real Madrid (ESP)

Gabriel Magalhães – Arsenal (ING)

Marquinhos – Paris Saint-Germain (FRA)

Thiago Silva – Chelsea (ING)

MEIO-CAMPISTAS

Bruno Guimarães – Newcastle (ING)

Casemiro – Real Madrid (ESP)

Danilo – Palmeiras

Fabinho – Liverpool FC (ING)

Fred – Manchester United (ING)

Lucas Paquetá – Lyon (FRA)

Philippe Coutinho – Aston Villa (ING)

ATACANTES

Gabriel Jesus – Manchester City (ING)

Gabriel Martinelli – Arsenal (ING)

Matheus Cunha – Atlético de Madrid (ESP)

Neymar Jr. – Paris Saint-Germain (FRA)

Raphinha – Leeds United (ING)

Richarlison – Everton (ING)

Rodrygo – Real Madrid (ESP)

Vini Jr. – Real Madrid (ESP)

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana