conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Cidades

Entrega de TPUs garante ocupação e renda a mais de 100 trabalhadores

Publicado

Mais de 100 Termos de Permissão de Uso (TPUs) foram entregues pelo prefeito, Emanuel Pinheiro, na quarta-feira (23). Em cerimônia realizada no auditório do Palácio Alencastro, ele esteve com vendedores ambulantes de comida de rua, que agora trabalharão legalmente por diferentes pontos da região central de Cuiabá.

De acordo com o prefeito, esta é uma das saídas encontradas para dar condições aos trabalhadores de sustentarem suas famílias com dignidade. “Se não podemos gerar emprego e renda no mesmo passo veloz em que se desenvolve a cidade, precisamos criar saídas para o munícipe possa ganhar o pão de cada dia”, afirma Emanuel Pinheiro.

A entrega, em sua opinião, é um dos exemplos do perfil humanizado proposto pela administração, que prioriza o ordenamento do município, mas, sobretudo, a qualidade de vida dos moradores.

“É um momento importante para a Capital, que começa a executar a lei para ocupação dos espaços públicos com ordem, sem sacrificar o interesse dos trabalhadores. Mostramos aqui que é possível conviver pacificamente com a legislação, que agora contempla essa atividade que existe em todo o Brasil e no mundo”, diz.

O permissionário Edivaldo de Andrade, mais conhecido Dolinha, é um dos contemplados. Ele garante que agora poderá levar sua barraca de cachorro-quente com tranquilidade à Praça Ipiranga, onde trabalha. “Já passaram muitos prefeitos, mas só nesta gestão é que conseguimos nossos Termos, por isso parabenizo o prefeito Emanuel Pinheiro.”

Veja Mais:  Famílias carentes de Cuiabá recebem  doação de 3 toneladas de carne

Os TPUs, emitidos pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, são destinados a vendedores que participaram de uma capacitação voltada à organização, foco e empreendedorismo, oferecida no início do mês. Além da qualificação, eles passaram por todo o processo exigido para a concessão.

A titular da Pasta, Débora Marques, destaca que a emissão conta com o trabalho conjunto de sete secretarias, incluindo Mobilidade Urbana, Saúde, Ordem Pública, Meio Ambiente, entre outras. Segundo ela, o encontro só foi possível graças a alteração do decreto que regulamenta a atividade, feito recentemente pelo prefeito.

Débora reforça que uns dos diferenciais do trabalho, que vem sendo realizado a meses, está na relação entre os profissionais das secretarias e os cidadãos, que, de fato, foram ouvidos. “Nossa equipe sabe o nome de cada um dos comerciantes. Sabemos da história e da situação de cada um.”

Em maio, já haviam sido concedidos 50 Termos. Na ocasião, foi anunciada a criação do projeto para a capacitação, que foi realizado no auditório da Secretaria de Assistência Social. “Aqui temos mais que ambulantes, temos empreendedores que precisam do apoio do poder público”, afirma Débora.

Também participaram do evento o controlador geral do Município, Carlos Roberto da Costa, o Nezinho; o secretário-adjunto de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Ernesto Manoel Barbosa; o vereador Vinícius Hugueney; e a presidente da Associação dos Comerciantes de Comida de Rua (ACCR), Marlene Tortoreli.

Veja Mais:  Município recebe doação de materiais para combate à Covid-19 do IMAMT

Comentários Facebook

Cidades

Famílias carentes de Cuiabá recebem  doação de 3 toneladas de carne

Publicado

Ação foi realizada em Cuiabá e Rondonópolis em parceria com Igreja Católica

Foto: Assessoria

Mil e setecentas famílias em situação de vulnerabilidade social de Cuiabá e Rondonópolis receberam no último sábado (30/05), a doação de dois quilos de carne bovina cada, totalizando 3,3 mil quilos. A distribuição dos alimentos foi realizada pelos organizadores do Festival Braseiro, com a participação de parceiros e voluntários. Na semana passada foram doados 700 quilos de carne para mais de 660 famílias em Rondonópolis.

Para arrecadar recursos para fazer a ação beneficente, o Festival Braseiro, adiado por conta da pandemia do novo coronavírus, realizou o projeto “Uma só carne, um só coração”, estimulando as pessoas a doarem múltiplos de R$ 10,00, o que equivaleria a um quilo de carne. Para impulsionar a ação, o Festival Braseiro realizou duas lives pelo Youtube, onde churrasqueiros demonstravam suas técnicas de corte e era feito o pedido de doação para depósitos na conta do festival. A Celeiro Carnes Especiais foi parceiro na ação, subsidiando o valor das carnes.

“Nós somos parceiros de todos os eventos do Braseiro e essa ação foi mais uma oportunidade da gente fomentar o consumo de carne, esse é um dos objetivos da Acrimat, que é estimular o consumo de carne vermelha e nada mais oportuno que uma ação dessa, nesse momento de tantas necessidades. A proteína animal é essencial, principalmente, para as crianças e idosos que precisam ter uma boa imunidade nesse momento de pandemia”, afirma Daniella Bueno, diretora executiva da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat).

Veja Mais:  Prefeitura adquire cadeira exclusiva para Unidade de Coleta e Transfusão Sanguínea

Em Cuiabá, os voluntários percorreram cinco rotas para fazer a doação em 15 pontos de distribuição. “O Braseiro é filantrópico, o nosso principal objetivo é fazer o bem e a gente não podia deixar de fazer uma ação nesse momento difícil de pandemia. Como não estamos conseguindo realizar o festival, a gente resolveu fazer essa ação “Uma só carne, um só coração” para juntar fundos que nos permitisse fazer essa doação. E ao perceber que muita gente está doando cesta básica, mas que não tem a proteína animal, nós vimos que poderíamos ajudar nessa frente, contando sempre com o apoio da Celeiro, que subsidiou a carne para essa ação, com o patrocínio da Acrimat, sem esquecer dos nossos voluntários que fazem o Braseiro acontecer”, explica a coordenadora de Eventos do Festival, Aline Pellozo.

De acordo com o presidente da Associação Braseiro, Marco Túlio Duarte, as doações de carne ocorrerão semanalmente em Rondonópolis e Cuiabá. “Continuaremos com as lives nas quintas-feiras para ajudar na arrecadação. Além disso é uma forma de entreter o público nesse período de pandemia, com o objetivo de ajudar aqueles que mais necessitam de apoio neste momento”, pontua.

A dona de casa, Lurdes dos Santos, 50 anos, não está trabalhando e ficou muito grata pela doação. “É muito bom receber essa doação nesse momento. Eu moro com meus dois filhos e essa carne vai fazer diferença essa semana na nossa alimentação”.

Veja Mais:  Famílias carentes de Cuiabá recebem  doação de 3 toneladas de carne

A vendedora Nice Silva, 52 anos, acredita que a solidariedade faz a diferença. “A gente está precisando muito da solidariedade das pessoas e receber dois quilos de carnes faz a diferença na nossa dieta, mesmo que por uns dias”.

Seu Manoel Assunção, 56 anos, conta que a vida está difícil, não há oportunidades de trabalho, nessas condições, o jeito é contar com a ajuda de outras pessoas. “Estou muito feliz de receber essa carne porque estamos precisando muito da ajuda das pessoas. Eu estou parado nesse momento, por causa da pandemia e porque estou com problemas na coluna. Essa doação vai ajudar eu, minha mulher e minha menina”

Assim como o fez o Braseiro, a solidariedade se tornou uma das principais armas contra a pandemia do Covi-19. Muitos outros voluntários têm se mobilizado para ajudar pessoas em estado de vulnerabilidade social. Distribuição de alimentos, doação de produtos de higiene pessoal e consultas gratuitas são algumas das ações solidárias que se espalham pelo país. São cidadãos e instituições se unindo para enfrentar e superar uma das maiores crises de saúde pública do mundo.

O Festival – O Festival já é conhecido como o maior evento beneficente de Mato Grosso, pois 100% da renda obtida é destinada à doação para entidades carentes. As edições deste ano do Festival foram adiadas devido a pandemia do novo coronavírus. O Festival Braseiro se tornou referência nacional no segmento, reunindo em duas edições anuais milhares de pessoas. O objetivo do evento é apoiar causas sociais. Toda a renda obtida é revertida para instituições filantrópicas beneficentes. Nas sete edições realizadas até 2019, já foram doados mais de R$ 1 milhão para 66 entidades filantrópicas de Cuiabá e Rondonópolis.

Veja Mais:  Campanha é prorrogada e município vai atender público específico na próxima quinta

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Saúde notifica o 12º óbito por coronavírus em Várzea Grande

Publicado

.

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19) e a Secretaria Municipal de Saúde, ambas de Várzea Grande, lamentam informar o 12º óbito ocorrido em relação a morador de Várzea Grande ocorrido na madrugada de domingo (31) na UPA IPASE.

J.L.S, 49, sexo masculino, residente no Centro Sul, foi internado ontem, (sábado 30/05) por volta das 23 horas, com tosse seca persistente, febre, dispneico e com sintomas relatados por aproximadamente oito (08) dias, alertando ter estado com pessoa contaminada pela Covid- 19, tendo sido encaminhado pelo Hospital Santa Rita para avaliação.

Paciente tinha diabetes e hipertensão arterial. Teste rápido confirmou positivo para Covid-19.

Por volta das 05 horas e com a piora do quadro e a confirmação do Covid-19, todos os procedimentos de isolamento foram adotados e equipe especializada ofereceu o tratamento de urgência e emergência necessários para a estabilização do paciente.

Evoluiu para uma Parada Cardiorrespiratória e procedimentos de reanimação sem estabilização, indo a óbito as 6:20 da manhã.

O Comitê de Enfrentamento e a Secretaria Municipal de Saúde, aguardam o exame mais apurado para confirmar Covid- 19 em definitivo e reafirma a necessidade das pessoas que puderem se isolarem e praticarem o Home Office. Para os que não podem, que se resguardem e resguardem aos demais de seu convívio com meios de segurança como distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas, uso constante de máscaras e se necessário luvas. Utilize com rigor meios de higienização como água e sabão constantemente e álcool gel.

Veja Mais:  Barreiras Sanitárias foram implantadas pela Prefeitura nas entradas de Confresa

A Vigilância em Saúde já está monitorando todos os familiares do paciente para conhecer o histórico e tentar definir o contágio e evitar novos enfermos.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Sobe para 26 o número de pacientes recuperados da Covid-19 em Campo Verde

Publicado

.

De acordo com o último Betim Informativo divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, o número de pacientes curados da Covid-19 em Campo Verde subiu para 26. São pacientes que cumpriram o período de isolamento social de 14 dias sem que a doença evoluísse.

Os pacientes recuperados receberam tratamento com antibióticos, antitérmicos e analgésicos durante o período de isolamento e foram monitorados diariamente pelas equipes médicas da Secretaria Municipal de Saúde. Vale frisar que nenhum deles teve necessidade de ser internado.

Ainda de acordo com o Boletim Informativo, no município foram confirmados até agora 57 casos de Covid-19, sendo 37 por exames laboratoriais (RT-PCR) e 20 por teste rápido. Dois pacientes estão internados, sendo 1 em Unidade de Terapia Intensiva em hospital público em Rondonópolis e um em hospital particular.

Os números apontam que em Campo Verde existem 9 pacientes notificados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRGA) e 474 casos notificados de Síndrome Gripal (SG). 143 pacientes com Síndrome Gripal estão em isolamento e 340 se recuperaram após o período de quarentena de 14 dias.

O Boletim informa também que 257 exames deram negativos para SRGA/SG e 31 ainda aguardam resultado.

A Secretaria Municipal de Saúde de Campo Verde reforçou que, com o número de casos confirmados de Covid-19 aumentado a cada dia, o momento não é ideal para a flexibilização das normas sanitárias implantadas e que o isolamento social deve ser respeitado.

Veja Mais:  Campanha é prorrogada e município vai atender público específico na próxima quinta

A recomendação é que as pessoas não deixem suas residências após as 22h00, que evitem aglomerações, só saiam de casa durante o dia usando máscara e em caso de necessidade; que higienizem as mãos com álcool ao entrarem e também ao saírem dos estabelecimentos comerciais. É necessário manter distância de pelo menos 1,5 metro entre as pessoas.

 

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana