Nacional

Filho do goleiro Bruno quer mudar de nome por causa do pai

Publicado

bruno, goleiro arrow-options
Arquivo iG

O ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação do cadáver

A mãe de Eliza Samudio, Sônia Samudio, reveleu em em entrevista, publicada pelo Uol neste sábado (12), que o neto não quer ter mais o mesmo nome do pai, o goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte da ex-modelo.

A mulher contou que a “Bruninho”, como é chamado pela família, quer se chamar Gabriel. a avó afirma que o neto tem medo do pai e diz para os amigos que ele é apenas o “genitor”. Bruninho está com nove anos e, de acordo com Eliza Samudio, também não assina o sobrenome “Souza”, da família do pai.

“Levei meu neto para tirar o RG há alguns meses e ele teve de assinar o nome completo naquela partezinha ali embaixo. Escreveu só ‘Bruno Samudio’ bem grande para que não coubesse mais nada. Não adiantou: o atendente disse que precisaria colocar o “Souza” também e ele fez um escândalo”, contou ao Uol.

Para justificar a escolha de seu nome igual ao do pai, a avó diz que foi um desejo de Eliza, antes de morrer e por isso ela não pode interferir. Mas, ela diz que e mesmo poderá providenciar a mudança quando for adulto, se estiver certo de que é isso que quer.

Veja Mais:  Nova lei dá prazo de 120 dias para devolução de auxílio federal a cultura

A criança não quer contato com o pai e detesta ser reconhecido como filho do goleiro Bruno. Ele evita sair com a avó para locais públicos, justamente por receio das pessoas os reconhecerem. Sônia Samudio destaca também que não influenciou a criança a rejeitar o goleiro Bruno, mas garante que não autoriza nenhuma aproximação entre os dois.

Em determinado momento da entrevista, a criança diz: “mãe Soninha, como vou confiar num cara que tentou me matar? Nem se ele me oferecer um refrigerante fechado vou aceitar”.

Relembre o caso

Eliza Samudio, modelo e mãe do filho do goleiro Bruno, foi morta por asfixia e esganadura em 10 de junho de 2010. A modelo teve o corpo, até hoje não encontrado, esquartejado pelos assassinos.

O ex-goleiro do Flamengo foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação do cadáver.

Em julho deste ano, conseguiu sair da cadeia e agora tenta retornar ao futebol profissional em Minas Gerais.

Nacional

Nova lei dá prazo de 120 dias para devolução de auxílio federal a cultura

Publicado


.
Carol Garcia/Governo da Bahia
Cultura - popular - grafitti artes visuais tintas atividades ressocialização presos (presidiários do Complexo Penitenciário da Mata Escura-BA)
Recursos beneficiarão trabalhadores informais da cultura que não tenham recebido o auxílio geral

Entrou em vigor nesta sexta-feira (14) a Lei 14.036/20, que prevê prazo para estados e o Distrito Federal devolverem aos cofres da União os recursos não usados de repasses vinculados à Lei Aldir Blanc. A norma, publicada no Diário Oficial da União, foi promulgada pelo presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbre.

A nova lei fixa o prazo em 120 dias, contados da data do repasse federal, para que os estados e o DF deem um destino para os recursos recebidos. Regulamento do governo federal definirá a forma e o prazo para devolução do que não for utilizado ao governo federal.

A Lei Aldir Blanc prevê prazo máximo de 60 dias para os municípios darem destinação aos recursos, caso contrário, os valores serão automaticamente revertidos ao fundo estadual de cultura. Entretanto, não havia prazo para os estados e o DF usarem os recursos, situação que agora é resolvida com a Lei 14.036/20.

A Lei 14.036/20 é oriunda da Medida Provisória 986/20, aprovada pelo Congresso Nacional sem modificações. O texto foi relatado na Câmara dos Deputados pelo deputado José Guimarães (PT-CE).

R$ 3 bilhões de auxílio
Sancionada em junho, a Lei Aldir Blanc autorizou a União a destinar R$ 3 bilhões para socorrer o setor cultural durante a pandemia. Os recursos serão aplicados pelos estados, Distrito Federal e municípios, que receberão os repasses.

Veja Mais:  Nova lei dá prazo de 120 dias para devolução de auxílio federal a cultura

O montante será usado para o pagamento de três parcelas de auxílio emergencial, no valor de R$ 600, a trabalhadores informais da cultura que não tenham recebido o auxílio geral. O dinheiro servirá ainda para conceder subsídios e financiar a manutenção de empresas e de espaços artísticos e culturais.

Metade do valor (R$ 1,5 bilhão) ficará com os estados e com o Distrito Federal. A outra metade ficará com o DF e com os municípios.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Natalia Doederlein

Continue lendo

Nacional

Câmara lança curso para estimular participação feminina nas eleições

Publicado


.

A Câmara dos Deputados, por meio da Escola Virtual da Cidadania, preparou o curso Mulheres na Política, com conteúdos sobre democracia, orçamento público e funcionamento do Estado, bem como noções essenciais sobre legislação eleitoral, financiamento de campanhas e atuação partidária.

O objetivo é, entre outros, elucidar conceitos como eleições proporcionais, quociente eleitoral e coligações, além de explicar como funcionam as candidaturas coletivas para cargos do Poder Legislativo. Também é possível aprender sobre estratégias de comunicação, uso de mídias sociais, formação de rede de apoiadores, construção de credibilidade e combate à desinformação.

O curso tem um olhar atento para as peculiaridades de uma campanha a ser realizada por mulheres que têm interesse em exercer mandatos eletivos e não sabem muito bem por onde começar. Os conteúdos estão disponíveis na plataforma da Escola Virtual de Cidadania. As inscrições são gratuitas.

Serviço:

Curso Mulheres na Política

Público-alvo: aberto a qualquer cidadão interessado no tema, o curso é dirigido prioritariamente a mulheres filiadas a partidos políticos, habilitadas a se candidatar a cargos eletivos

Carga horária: estimada em 8 horas (curso autoinstrucional a distância)

Endereço: evc.camara.leg.br (formato acessível e responsivo)

Conteúdo programático:

Percurso 1 – O que é preciso para me tornar candidata?
. Registrar minha candidatura
. Buscar o financiamento da minha campanha eleitoral
. Organizar minha campanha eleitoral

Percurso 2 – Como aumentar as minhas chances de vencer as eleições?
. Fortalecendo minha atuação dentro do partido político
. Utilizando o sistema eleitoral a meu favor
. Conhecendo as estratégias de comunicação

Veja Mais:  Nova lei dá prazo de 120 dias para devolução de auxílio federal a cultura

Percurso 3 – O que preciso conhecer para construir meu plano de campanha?
. O funcionamento geral do Estado e da política
. O orçamento público
. O assessoramento no mandato

Percurso 4 – Como superar as dificuldades de ser mulher na política?
. Conhecendo como foram construídas as desigualdades entre mulheres e homens
. Sabendo como entrar no jogo político
. Fortalecendo-se na luta feminina

Continue lendo

Nacional

Câmara é iluminada de azul hoje em homenagem ao Dia do Cardiologista

Publicado


.
Pierre Triboli/Câmara dos Deputados
Câmara está iluminada de azul pelo Dia Mundial do Câncer
Cúpula da Câmara ficará novamente iluminada de azul

A cúpula da Câmara dos Deputados será iluminada hoje de azul em comemoração ao Dia Nacional do Cardiologista. A data foi criada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia em 2007 para prestar homenagem aos profissionais e alertar sobre os cuidados necessários com o coração.

De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo: mais pessoas morrem anualmente por essas enfermidades do que por qualquer outra causa.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) criou um indicador de mortes causadas por doenças cardiovasculares e estima que quase 400 mil brasileiros perderão a vida este ano por problemas no coração ou de circulação. O Dia do Cardiologista também é um lembrete de que é possível reduzir esses números com cuidados preventivos e terapêuticos.

Da Redação – RL
Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara dos Deputados

Veja Mais:  Câmara lança curso para estimular participação feminina nas eleições
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana