Policial

Gaeco denuncia 18 pessoas por esquema de falsificação de diplomas em MT

Publicado

Dezoito pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), pelos crimes de constituição de organização criminosa, estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documentos públicos. A denúncia, que possui 408 páginas, é resultado da Operação Zircônia, que apurou fraudes na emissão de diplomas e históricos escolares falsos emitidos por instituições de ensino superior.

De acordo com a denúncia, a investigação teve início em 2019 após representação protocolada pelo vice-reitor de um estabelecimento de ensino superior noticiando a ocorrência de diversos atos ilícitos envolvendo o nome da sua instituição. Na ocasião, o Gaeco foi informado de que alguns órgãos pertencentes à Administração Pública de Mato Grosso haviam questionado a autenticidade de documentos que supostamente teriam sido emitidos pela instituição de ensino denunciante.

Segundo o Gaeco, durante as investigações foi constatado que o grupo criminoso criou as instituições Polieduca, MC Educacional e Poliensino, que sequer eram devidamente credenciadas pelo Ministério da Educação, para cometimento reiterado de crimes de estelionato por meio do oferecimento, matrícula e realização de cursos superiores. As três unidades operavam no mesmo local, em Cuiabá.

“O foco de atuação dessas empresas era a oferta de cursos de nível superior, atrativos a eventuais interessados, uma vez que poderiam obter diploma de titulação de nível superior a ser utilizado para fins de pontuação em concursos públicos e/ou progressões de nível funcional junto a órgãos da Administração Pública”, revela a denúncia.

Veja Mais:  Durante fiscalização, comerciante é preso após agredir fiscal e ameaçar PMs em Rondonópolis

Conforme o Gaeco, embora admitissem alunos para cursos irregularmente oferecidos em seus nomes, ao final os alunos recebiam diplomas, históricos escolares e atestados de conclusão expedidos em nome de outras instituições, jamais frequentadas ou de conhecimento dos alunos, denominadas “parceiras”.

“Os cursos oferecidos pelas instituições utilizadas pela organização criminosa, dada a sua irregularidade, se tratavam, em verdade, de pseudocursos, montados para incutir e sustentar o engodo das suas atividades junto aos alunos que se matriculavam, os quais acreditavam que poderiam obter certificações superiores válidas, decorrentes da conclusão dos referidos cursos”, explicou o Gaeco.

ESTRUTURA – A organização criminosa, conforme apurado, era composta por três núcleos: o dos proprietários/responsáveis pelas três instituições utilizadas no esquema; o de apoio e o de captação fraudulenta de alunos e recebimento das correspondentes mensalidades.

Na denúncia, o Gaeco apresenta 87 fatos com depoimentos de alunos e descrição da conduta dos envolvidos. Fora denunciados Denilton Péricles Araújo, Maria Madalena Carniello, Victor Hugo Carniello Delgado, Clenilson Cassio da Silva, José Elivar Andrade, Walter Gonçalves da Silva, Terezinha de Lourdes Carniello, Solange Rodrigues Conceição, Ana Rita Viana Gomes, Elizabeth de Souza Freitas Pajanoti, Maria Socorro Carneiro Geraldes dos Reis, José Alves dos Reis Neto, Bárbara Monique Araújo, Gilberto Louzada de Matos, Nágila Carline Teixeira de Araújo, Marcos Diego de Almeida Gonçalves, Luana Cristina Araújo Delgado e Fabrício Fernando Senger Delgado.

Comentários Facebook

Policial

Ação educativa orienta cidadãos sobre o perigo de ingerir bebida alcoólica e dirigir

Publicado

Ação educativa Amigo da Rodada – Foto por: Christiano Antonucci/Secom-MT

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) em parceria com a Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) de Cuiabá realizaram, na noite de sexta-feira (17.09), abordagens educativas em dois estabelecimentos comerciais da Capital marcando a abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito em Mato Grosso. Este ano o tema da campanha é “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Foram abordadas cerca de 210 pessoas e encontrados 17 “Amigos da Rodada”. A ação integrada busca identificar e premiar aquele amigo que não vai beber para poder levar seus amigos para casa em segurança.

As equipes das instituições abordaram as pessoas nos estabelecimentos na intenção de fazer essa blitz reversa de sensibilização sobre os perigos da associação de bebida alcoólica e direção.

Durante as abordagens, os agentes realizaram o teste do etilômetro e as pessoas que não apresentaram índice de alcoolemia foram presenteadas com brindes educativos como reforço pela atitude positiva.

Foi o caso da servidora pública, Anelise Farias Matos, de 27 anos, que estava aproveitando a noite com os amigos no bar, porém, não ingeriu bebida alcoólica. “Achei bem interessante a abordagem, porque não sabia que apenas um copo de cerveja eu já poderia ser autuada em uma blitz de trânsito”, comentou.

Veja Mais:  Traficante que utilizava casa da avó para esconder drogas é preso em flagrante em Rondonópolis

Na ação também foram possibilitadas oportunidades para as pessoas que estavam nos estabelecimentos ingerindo bebida alcoólica realizassem o teste do etilômetro.

Após o resultado do teste, esses voluntários receberam informações sobre as penalidades as quais estariam sujeitos caso fossem flagrados conduzindo veículo automotor após a ingestão de bebida alcoólica.

gundo a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Rosane Pölzl, durante as abordagens, sempre é reforçado aos cidadãos que a pior das consequências em ingerir bebida alcoólica e dirigir é envolver-se em um acidente com risco de morrer ou matar no trânsito.

“Iniciamos a Semana Nacional de Trânsito junto com os demais órgãos parceiros fazendo ações educativas nos bares com foco no condutor que ingeriu bebida alcoólica e tem a intenção de conduzir veículo automotor. Explicamos a eles as responsabilidades administrativas e criminais para quem dirige sob efeito de álcool, e também trabalhamos a consciência do cidadão para que não se envolva em um possível acidente em virtude dessa conduta”, destacou o 1º tenente da Polícia Militar, Sandro Lúcio Fernandes da Silva, do Batalhão de Trânsito da PM.

A PRF também marcou presença na ação educativa e, segundo o inspetor Leandro Camolesi, ao longo da semana, serão realizadas várias atividades junto aos caminhoneiros, motociclistas e ciclistas. “Esperamos conscientizar a todos sobre a importância de termos um trânsito mais humano, visando ter cada vez menos vítimas de acidentes, principalmente acidentes fatais”, falou.

Veja Mais:  Durante fiscalização, comerciante é preso após agredir fiscal e ameaçar PMs em Rondonópolis

Semana Nacional de Trânsito

A Semana Nacional de Trânsito é comemorada anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro. Nesse período, são realizadas ações em todo o País voltadas para educação, engenharia e fiscalização com o objetivo de sensibilizar todos os envolvidos no dia a dia do trânsito, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres, para a construção de um trânsito mais seguro.

Em Mato Grosso, as ações conjuntas contarão com a participação de equipes do Detran-MT, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Guarda Municipal de Várzea Grande, Sest Senat e concessionária Rota do Oeste.

Confira a programação:

Dia 19/09 – “Pit Stop Pedal Tran”

Horário: das 6h às 10h

Local: MT-251 (Rodovia Emanuel Pinheiro) – Posto do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPMTRAN)

Dia 20/09 – Ação educativa “Passageiro Consciente”

Horário: das 16h30 às 19h

Local: Rodoviária de Cuiabá e Rodoviária de Várzea Grande

Dia 21/09 – Blitz Educativa “Cinemoto” para motociclistas

Horário: das 8h30 às 11h

Local: avenida 31 de março – Praça Via 31

Dia 22/09 – Blitz educativa: Caminhões (freios)

Horário: das 8h às 14h

Local: BR-163/364 (Serra de São Vicente)

Veja Mais:  Homem investigado por estupro é morto após denunciar ameaças de facção em MT

Dia 22/09 – Blitz educativa “Amigo da Rodada – Eu que levo!”

Horário: a partir das 19 horas

Local: bares da avenida Beira Rio e da rua jornalista Jaques Brunini, em Cuiabá.

Dia 23/09 – Blitz Educativa “Cinemoto” para motociclistas de aplicativo

Horário: das 21h às 22h30

Local: avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá.

Dia 23/09 – Blitz educativa: Caminhões (freios)

Horário: das 8h às 14h

Local: BR-163/364 (Serra de São Vicente)

Dia 24/09 – Blitz educativa “Amigo da Rodada”

Horário: a partir das 19 horas

Locais: Baronês, Choppão, Ponto do Porco (sujeito à adequações, conforme público)

Dia 26/09 – Cerimônia de encerramento e “Pedal Legal: SNT 2021”

Horário: 5h30 (concentração) – saída às 6h

Local: Sinuelo, em Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol em MT são presos pela PM

Publicado

Foto: PMMT

A Polícia Militar do 11º Batalhão prendeu dois homens de 30 e 21 anos por sequestro e homicídio da vítima identificada como William Sant’Ana de 21 anos, na última sexta-feira (17), em Sinop. Ele era ex-jogador de futebol e os suspeitos confessaram que participaram do crime e informaram onde haviam ocultado o corpo da vítima.

A ação contou com o apoio de policiais do Grupo Raio, do GAP (Grupo de Apoio) e da Agência Regional de Inteligência (ARI). Segundo o boletim de ocorrência, após a Polícia Militar solicitar análise local de uma tornozeleira eletrônica à ARI, foi verificado que o homem de 30 anos esteve na hora e no local do crime. Diante das informações, os policiais iniciaram patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, em Sinop, e localizaram o primeiro suspeito.

Durante a abordagem, o suspeito confessou o crime e contou que a vítima teria praticado um crime de estupro e que durante o sequestro, dentro do carro, a quadrilha havia feito vídeochamada por celular mostrando a vítima para integrantes de uma organização criminosa. O suspeito contou ainda que ficou no carro, enquanto a vítima era executada e que chegou a ouvir dois disparos de arma de fogo.

O suspeito indicou para a PM o local que onde haviam escondido o corpo da vítima, uma mata de difícil acesso, às margens do Rio 15. Os policiais fizeram o isolamento da área e acionaram a Polícia Judiciária Civil.  O homem já preso pela PM informou ainda o envolvimento de um outro indivíduo, de 19 anos, que foi localizado no bairro Boa Esperança pela guarnição do RAIO.

Veja Mais:  Ação educativa orienta cidadãos sobre o perigo de ingerir bebida alcoólica e dirigir

O comparsa confirmou os fatos narrados pelo primeiro suspeito preso. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Durante fiscalização, comerciante é preso após agredir fiscal e ameaçar PMs em Rondonópolis

Publicado

O proprietário de um estabelecimento comercial foi preso por agressão e desacato na noite de sexta-feira (17) em Rondonópolis (a 216 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar dava apoio às fiscalizações realizadas pela Vigilância Sanitária Municipal no Bairro Coophalis.

As equipes estavam realizando os trabalhos quando perceberam que no Japa’s Conveniência havia um grande número de pessoas aglomeradas, em desacordo com o decreto municipal.

O proprietário do estabelecimento teria alterado o tom de voz com as fiscais e quando os policiais se aproximaram, ainda em tom alterado, teria dito: “Vocês estão olhando o que? Eu não sou bandido não, rapaz. Bandidos aqui são vocês policiais, que estão fechando o meu comércio”.

Diante do desacato, o empresário foi preso. Ele, no entanto, teria resistido à prisão e ameaçado a equipe. “Vocês não sabem com quem estão mexendo, estou vendo bem o nome de vocês”. teria dito ele, segundo o B.O.

Teria sido necessário o uso de força física e de algemas para conter o empresário, que chegou a cair no chão. Ele ainda teria pisado no pé de uma das fiscais.

Ele foi encaminhado para uma unidade de saúde devido ao ferimento que provou no rosto. Após ser atendido e liberado, ele foi encaminhado para a Delegacia Judiciária Civil.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Traficante que utilizava casa da avó para esconder drogas é preso em flagrante em Rondonópolis
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana