conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Inscrições para Vestibular Unemat encerram neste domingo (12)

Publicado

Encerra neste domingo (12) o período de inscrições para o Concurso Vestibular 2019/2. O certame é para ingresso no segundo semestre deste ano na Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado (Unemat) que ofertará 3.020 vagas em 72 cursos, distribuídos em 16 municípios do Estado. As inscrições custam R$ 100, o edital pode ser acessado clicando aqui.

A Unemat adota sistema de ações afirmativas: todos os cursos oferecidos destinam 30% das vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, e reservam 25% para candidatos pretos e 5% para candidatos indígenas. As outras 40% das vagas são para ampla concorrência.

As provas serão realizadas nas cidades de Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Brasnorte, Cáceres, Campos de Júlio, Colíder, Comodoro, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra, dentre as quais o candidato deve optar no ato da inscrição.

O Vestibular 2019/2 compreende duas fases: a primeira consta de quatro provas objetivas com questões sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, e Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Já a segunda etapa constitui-se de prova de redação. As duas fases serão realizadas em etapa única no dia 9 de junho, das 8 às 13 horas.

O resultado final será divulgado a partir do dia 26 de julho. O período letivo terá início no dia 5 de agosto, e o curso de Medicina está previsto para dia 7 de outubro.

Veja Mais:  Agricultores familiares utilizam sistema de delivery para comercializar produtos

Todas as informações sobre as etapas do Vestibular e seus editais podem ser acessadas em: http://vestibular.unemat.br/

São ofertados cursos em 16 municípios:

Água Boa: Direito/Matutino e Direito/Noturno.

Alta Floresta: Agronomia, Ciências Biológicas, Direito e Engenharia Florestal

Barra do Bugres: Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Engenharia de Produção Agroindustrial, Engenharia de Alimentos e Matemática.

Brasnorte: Direito.

Cáceres: Agronomia, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Educação Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina e Pedagogia.

Campos de Júlio: Administração/Matutino, Administração/Noturno, Direito/Matutino e Direito/Noturno.

Colíder: Direito.

Comodoro: Direito/Matutino e Direito/Noturno.

Diamantino: Administração, Direito, Educação Física e Enfermagem.

Juara: Administração e Pedagogia.

Nova Mutum: Administração, Agronomia e Ciências Contábeis.

Nova Xavantina: Agronomia, Ciências Biológicas, Direito/Matutino, Direito/Noturno, Engenharia Civil e Turismo.

Pontes e Lacerda: Direito, Letras e Zootecnia.

Rondonópolis: Ciência da Computação e Letras.

Sinop: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Sistemas de Informação, Geografia, Letras, Matemática e Pedagogia.

Tangará da Serra: Administração/Matutino, Administração/Noturno, Agronomia, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, Enfermagem, Engenharia Civil, Jornalismo e Letras.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Pacientes carentes recebem cestas básicas da Campanha Vem Ser Mais Solidário

Publicado


.

Pessoas carentes que recebem tratamento no MT Hemocentro e que enfrentam dificuldades neste período de pandemia do novo coronavírus, receberam na manhã desta quarta-feira (03.06) doações da Campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”. As entregas de 50 cestas básicas foram realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) a pedido do deputado estadual Nininho.

A ação do Governo do Estado é liderada de forma voluntária pela primeira-dama, Virginia Mendes, e tem como objetivo atender, com cestas básicas, as famílias em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza. Os kits contêm arroz, feijão, macarrão, óleo, sal, açúcar, café, farinha de trigo, sardinha, extrato de tomate, além de materiais de limpeza e de higiene pessoal.

A secretária adjunta de Cidadania da Setasc, Rosineide Porcionato, que representou a primeira-dama e a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, durante as entregas, destacou a importância da iniciativa neste cenário emergencial. “É crescente o número de famílias afetadas pela pandemia não só na capital, mas, em todo o Estado. Não temos previsão de quando isto irá passar. Neste sentido, estamos buscando atender a todos, principalmente as pessoas que precisam de cuidados de saúde e que se enquadram no grupo de risco”.

Deise Pimenta Lara, de 33 anos, uma das beneficiadas, faz tratamento na instituição devido a uma anemia falciforme que possui. Segundo ela, o sintoma da doença a impossibilita de conseguir emprego e, com três filhas para criar, tem sobrevivido com doações. “Moro com meu pai que também está doente. A situação está muito difícil. Conto com ajuda das pessoas que me conhecem porque não posso trabalhar. O alimento é muito bem-vindo”, disse.

Veja Mais:  CGE regulamenta transmissão ao vivo e gravação de licitações

Para a paciente Rosilene Martins Cabral, de 41 anos, que também é atendida no MT Hemocentro há mais de 18 anos, os produtos vão auxiliar nas despesas do mês, em especial porque ela possui muitos gastos com medicamentos. “Como estou com a imunidade baixa por causa da doença, tive outros problemas de saúde e precisei gastar o que tinha com remédio. Esta cesta vai ajudar muito, neste período”, relatou.

A diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, agradeceu o auxílio e disse que a ação é fundamental para a construção de uma sociedade mais solidária. “Agradeço a ajuda que a Setasc e a primeira-dama está dando aos nossos pacientes. Vivemos em um momento de muitas dificuldades e que precisamos pensar no próximo”, ressaltou.

O MT Hemocentro é uma unidade estadual de Saúde Pública, responsável pela elaboração da Política Estadual de Saúde das doenças ligadas ao sangue, além de ser a responsável pela oferta e armazenamento de sangue para todo Mato Grosso.

Saiba como participar da campanha

As entidades interessadas precisam enviar solicitação para o e-mail [email protected] E se você quer ajudar, é possível doar alimentos ou itens de limpeza diretamente na Arena Pantanal. Quem preferir poderá doar recursos na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Veja Mais:  Sede da Seduc passa a funcionar em novo prédio
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

CGE regulamenta transmissão ao vivo e gravação de licitações

Publicado


.

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), por intermédio da Secretaria Adjunta de Ouvidoria Geral e Transparência, emitiu Recomendação Técnica (de Ouvidoria nº 0001/2020) aos órgãos e às entidades do Governo de Mato Grosso sobre a regulamentação da transmissão ao vivo e da gravação de processos licitatórios via internet, pelo canal de Youtube e pelo Portal Transparência do Estado.

No documento, a CGE adverte que, apesar de a gestão do Portal Transparência do Estado ser uma das atribuições da Controladoria Geral, os órgãos e entidades estaduais são os responsáveis pela transmissão ao vivo e pela gravação dos certames, bem como pelo arquivamento adequado do material produzido e pela disponibilização do conteúdo para consultas públicas futuras.

Contudo, caso os órgãos não disponham de instalação física e de equipamentos necessários à gravação e transmissão ao vivo, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) possui um espaço disponível para essa finalidade, desde que seja agendado previamente junto à Secretaria Adjunta de Aquisições Governamentais.

Na hipótese de os órgãos optarem por estruturar um local próprio para gravação e transmissão das sessões, a CGE orienta que seja criada uma comissão específica com representantes da unidade setorial de Administração Sistêmica e da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) para a implantação.

Divulgação de links

Outro ponto abordado pela CGE na Recomendação Técnica é em relação à divulgação dos links de transmissão. “Os avisos das publicações de Editais de Licitação no Diário Oficial do Estado deverão conter e divulgar os links do canal de Youtube e do Portal Transparência do Estado”, alerta a Controladoria.

Veja Mais:  IPVA 2020 poderá ser quitado no último trimestre do ano

Após a publicidade do certame em Diário Oficial e em sites próprios, documentos como cópia do edital de licitação, link do Youtube para transmissão da licitação, link dos documentos armazenados no site de origem deverão ser encaminhados à Secretaria Adjunta de Ouvidoria Geral e Transparência da CGE para disponibilização no Portal Transparência.

A Controladoria frisa que “caso haja suspensão, prorrogação, revogação, anulação ou cancelamento da licitação, a Secretaria Adjunta de Ouvidoria Geral e Transparência deverá ser comunicada pelo e-mail: [email protected] ou pelo sistema Fale Cidadão, para providências quanto ao Portal Transparência”.

Desde janeiro de 2020, os órgãos públicos estaduais estão obrigados a transmitir ao vivo as sessões de licitação e disponibilizar as gravações no Portal Transparência. A exigência está prevista na Lei nº 10.851/2019, a qual foi regulamentada pelo Decreto nº 186/2019.

De dezembro de 2019, quando a CGE-MT e a MTI disponibilizaram no Portal Transparência o ambiente para os links de transmissão, até maio de 2020, foram transmitidas, ao vivo, 15 sessões de licitação envolvendo a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), a Secretaria de Educação (Seduc), a Secretaria de Saúde (SES), a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra), a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

As transmissões ao vivo podem ser acompanhadas por AQUI.

Confira AQUI a Recomendação Técnica de Ouvidoria nº 0001/2020/CGE-MT

Fonte: GOV MT

Veja Mais:  Pacientes carentes recebem cestas básicas da Campanha Vem Ser Mais Solidário

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sefaz conclui trabalho de desinfecção de postos fiscais

Publicado


.

A Secretaria de Fazenda conclui nesta quinta-feira (04.06), o processo de desinfecção de seus seis postos de fiscalização. A última etapa será cumprida o posto fiscal da Serra do Cachimbo, em Guarantã do Norte, na divisa com o Pará. Na manhã desta quarta-feira (03.06) o trabalho foi executado no Posto Josafá Jacob (XII de Outubro), localizado em Comodoro, divisa com Rondônia. 

A desinfecção dos postos fiscais é executada pelo Corpo de Bombeiros. As medidas visam evitar a infecção pelo coronavírus dos servidores da Sefaz e motoristas que trabalham ou transitam por esses locais. 

O primeiro local a passar por esse procedimento foi Posto Fiscal Avançado de Barra do Garças. Na sequência o trabalho foi realizado no Posto Flávio Gomes, localizado na saída de Cuiabá para Rondonópolis. Idênticas ações foram também levadas à efeito nos Postos Fiscais Benedito Corbelino, localizado próximo ao Rio Correntes, na divisa com Mato Grosso do Sul e o Henrique Peixoto, em Alto Araguaia, na divisa com Goiás.

Os complexos onde funciona a administração central da Secretaria de Estado da Fazenda também passaram pelo procedimento de desinfecção. As medidas fazem parte das ações preventivas do Governo do Estado, por meio das Secretaria de Planejamento e Gestão, juntamente com o Tribunal Regional do Trabalho.

Orientação

Antes desse processo de desinfecção dos postos, a Sefaz já vinha promovendo ações preventivas para garantir a segurança dos servidores e contribuintes que trabalham ou param diariamente nesses locais. Produtos de higiene e proteção pessoal foram disponibilizados nos postos fiscais, assim como materiais orientativos sobre assepsia das mãos e distanciamento.

Veja Mais:  Presidente da Fapemat está internado em unidade hospitalar de Cáceres

Para orientar os motoristas que precisam parar nesses postos, a Sefaz colocou cartazes informando da obrigatoriedade do uso de máscaras, com ilustrações e faixas sobre distância na fila de atendimento, quando houver necessidade. Além disso os lavatórios existentes nos postos foram disponibilizados para higienização das mãos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana