conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Operação realiza ações repressivas e preventivas de combate à criminalidade no interior do Estado

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O enfrentamento e a prevenção à criminalidade foram focos da operação Herácles, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil, nos meses de julho e setembro, em 11 Regionais do interior do Estado. A operação coordenada pela Diretoria do Interior cumpriu 30 ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar, além da apreensão de grande quantidade de entorpecentes, objetos de origem ilícita e a abordagem de centenas de pessoas e veículos.

Os trabalhos foram realizados pelas Delegacias Regionais de Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Guarantã do Norte, Juína, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Nova Mutum, Rondonópolis, Tangará da Serra e Vila Rica.

A operação de cunho repressivo e preventivo foi deflagrada em duas etapas, com o objetivo de intensificar as ações policiais visando coibir os crimes contra o patrimônio, tráfico Ilícito de entorpecentes, homicídio entre outros, além de dar cumprimento a mandados judiciais contra pessoas foragidas da Justiça ou alvos de investigações policiais.

O trabalho desenvolvido em diversas cidades do interior também teve como um dos focos principais os municípios que sofreram com a suspensão temporária de Delegacias (Luciara, Novo Santo Antonio, Alto Paraguai, Nova Marilândia, Santo Afonso, Nova Lacerda, Bom Jesus do Araguaia, Ponte Branca, São José do Povo, Tesouro, Carlinda, Castanheira, União do Sul, Acorizal, Jangada e Nossa Senhora do Livramento).

Para operação, foi empregado um efetivo de 88 policiais civis, entre investigadores escrivães e delegados e 22 viaturas, além de contar com apoio da Polícia Militar. No total, foi realizada a abordagem de 235 pessoas e checagem de mais de 60 veículos, além do cumprimento de 30 ordens judiciais, sendo 5 mandados de prisão e 25 e busca e apreensão domiciliar. 

Veja Mais:  Suspeitos são detidos por tentativa de homicídio em Santo Antônio do Leverger

Na segunda fase da operação, na Regional de Nova Mutum, foram cumpridos 9 ordens judiciais entre mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar, em ações desencadeadas pelas Delegacias de Arenápolis, Nortelândia, e Municipal e Regional de Nova Mutum.

Os trabalhos resultaram em duas pessoas presas, uma em flagrante e outra por força de mandado, além da apreensão de diversos aparelhos celulares de outros investigados, com objetivo de obter indícios da prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

Em Alta Floresta, dois homens que planejavam roubar uma aeronave na cidade foram presos. Os suspeitos, V.S.R.J, 23 anos, e F.F.A., 24 anos, são do estado de Goiás e estavam na cidade com a intenção de conseguir um avião para levar até a Bolívia.

Os suspeitos despertaram atenção, após percorreram aeroportos do município na tentativa de conseguir fretar uma aeronave. A Polícia Civil foi acionada e ao abordar os suspeitos encontrou com eles um revólver cromado calibre 38, com 13 munições, R$ 5.861,00, 3 celulares, GSP, e outros objetos.

Ainda dentro da operação, uma carga de mais de 250 quilos de cloridrato e cocaína foi apreendida em uma ação integrada da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Federal, realizada, em Nova Bandeirantes (1.026 km ao Norte). No total, foram apreendidos 241 tabletes da substância, localizados em uma propriedade rural do município.

Veja Mais:  Polícias Civil e Militar apreendem 50 quilos de entorpecentes em Alta Floresta

Palestras

Além das ações repressivas, a operação também realizou atividades preventivas como palestras em escolas e empresas.

As ações preventivas têm o objetivo de alertar a população sobre a prática de diferentes crimes e situações de riscos que podem causar. As palestras abordaram diferentes temas como combate às drogas, abuso sexual infantil, e combate a violência doméstica e familiar contra a mulher.

 

Comentários Facebook

Policial

Mulheres são presas furtando produtos de quatro lojas em shopping

Publicado


.

A Polícia Militar prendeu duas mulheres (33 e 21 anos) por furtar produtos  em quatro lojas de um shopping, no sábado( 30.05) em Várzea Grande.  Peças de roupas, brinquedos e outros objetos foram recuperados pela PM.

Policiais da Força Tática foram acionados via 190 para comparecer a loja de um shopping, onde duas mulheres haviam sido flagradas furtando produtos. Ao verificar a denúncia, os policiais encontraram as suspeitas detidas pelos seguranças do estabelecimento. A ação criminosa praticada pelas mulheres foi registrada pelas câmeras de monitoramento da loja, que registraram as suspeitas furtando peças de roupas e as escondendo em uma sacola de presente.

Durante a prisão, os policiais foram procurados por funcionários de mais duas lojas do shopping que apontaram que as suspeitas também furtaram produtos em seus estabelecimentos comerciais. Com elas foram apreendidas peças de calças jeans, bonecas, duas bolsas e outros produtos.

A PM constatou que a motocicleta CG 160 apreendida com as suspeitas foi utilizada em uma tentativa de furto, horas antes, por também duas mulheres.  

As suspeitas foram conduzidas à delegacia por crime de furto. Durante a confecção do boletim de ocorrência, as duas mulheres foram reconhecidas por uma vítima, proprietária de outra loja no shopping, que reconheceu uma das bolsas apreendidas na ação dos policiais.

Fonte: PM MT

Veja Mais:  OPERAÇÃO TAMOIO: PRF combate crime ambiental em Jangada/MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil de Canarana participa de ações de prevenção à propagação do Coronavírus

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Além da atuação nas investigações criminais, a Polícia Civil de Canarana (826 km a leste de Cuiabá) está participando de ações de cunho preventivo relacionadas  ao combate da propagação do vírus Covid-19.

O trabalho social é realizado em conjunto com a Secretária Municipal de Saúde e outros parceiros, com objetivo principal de sensibilizar e orientar as pessoas que foram diagnosticadas positivas para o vírus sobre a importância e necessidade de ficarem em isolamento domiciliar recebendo atendimento médico.

Conforme o delegado da cidade, Deuel Paixão de Santana, o Código Penal Brasileiro prevê punições para quem não cumprir orientações das autoridades sanitárias.

“No artigo 267, por exemplo, a pena prevista é de 5 a 15 anos de reclusão para o cidadão que tendo plena consciência de estar contaminado, causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos”, destacou Deuel.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Mulheres são presas furtando produtos de quatro lojas em shopping
Continue lendo

Policial

Durante ronda e por denúncia, PM captura seis foragidos da justiça em Rondonópolis

Publicado


.

Policiais militares do 5º BPM e equipes da Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) capturaram de sexta-feira a domingo (29 a 31.05), seis foragidos da justiça.

Na área central, os agentes realizavam ronda quando abordaram um homem e encontrado em seu nome um mandado aberto por furto.

No bairro Vila Canaã, a equipe da 14ª Companhia Força Tática encontrou dois mandados abertos no nome de um homem durante sua abordagem. Os documentos foram expedidos pelas varas criminais de Guiratinga e Rondonópolis, ambas por roubo.

Também na área central, os policiais estavam em ronda quando perceberam um cidadão na Praça Brasil. Foi iniciada a abordagem e constou ser foragido da justiça pelo crime de roubo.

No bairro Jardim Santa Marta, os militares atendiam uma ocorrência de acidente de trânsito. Na consulta do nome de um dos envolvidos, encontrado mandado aberto por furto.

No residencial Buriti, a denúncia descrevia que um homem estaria traficando droga próximo de uma escola. No local, os policiais encontraram o denunciado que é foragido da justiça por tráfico de droga. Ele carregava três porções de maconha.

No Parque Universitário, o foragido vinha sendo monitorado e com a localização da casa, ele foi capturado. O mandado aberto foi expedido pela 4ª Vara Criminal da cidade, mas em detalhes do crime.

Veja Mais:  Suspeitos são detidos por tentativa de homicídio em Santo Antônio do Leverger

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana