conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

PM abre inscrições para 1º Workshop de Segurança para motoristas de Aplicativos

Publicado

A Polícia Militar de Mato Grosso realiza no próximo dia 18 de Junho o 1º Workshop de Segurança para Motoristas de Aplicativos. O evento será às 10h no auditório do Comando Geral da PM, em Cuiabá.

O workshop é resultado de uma parceria entre a PM e a Associação dos Motoristas Por Aplicativo de Mato Grosso (AMA-MT) após uma série de reuniões visando aprimorar ações preventivas à criminalidade. O encontro contará com palestras sobre segurança pública, com orientações preventivas, a apresentação do projeto sentinela, e outros temas relacionados à segurança de motoristas e usuários de aplicativos.

O evento voltado para motoristas de aplicativo é gratuito, os interessados em participar do workshop devem entrar em contato pelo telefone: (065) 99237-3189. 

Serviço

Pauta: 1º Workshop de Segurança Pública para Motoristas de Aplicativo

Data: 18 de Junho de 2019

Local: sede do Comando Geral da PM, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, Novo Paraíso – Cuiabá.

Horário: 10h

Comentários Facebook
Veja Mais:  Detran-MT não tem caso confirmado de servidor com coronavírus

Mato Grosso

Governo consegue na Justiça direito de fiscalizar leitos da Covid em Cuiabá

Publicado


.

O juiz Onivaldo Budny, da Vara Especializada da Fazenda Pública, autorizou o Governo de Mato Grosso a fiscalizar os leitos exclusivos da Covid-19 da Prefeitura de Cuiabá. A autorização acaba de ser concedida, nesta sexta-feira (29.05), porque  o município impediu que fosse realizada a fiscalização.

“Defiro o pedido de liminar e determino ao município de Cuiabá que se abstenha de impedir o ingresso da equipe de supervisão hospitalar da Central de Regulação Estadual nos estabelecimentos municipais que possuem leitos de UTI exclusivos para tratamento ao Covid-19, para o fim de realização da fiscalização e avaliação do cumprimento dos requisitos para transferência dos recursos financeiros e sua devida aplicação”, conforme determinou o magistrado.

Caso o município não permita a fiscalização será aplicada multa diária de R$ 10 mil. 

Na ação, a Procuradoria Geral do Estado explicou que o Governo tem o dever de auditar os leitos por meio da equipe de supervisão hospitalar da Central de Regulação Estadual da Secretaria de Estado de Saúde. Contudo, essa equipe vem sendo impedida de adentrar nas unidades de saúde do município, especificamente no Hospital Municipal de Cuiabá, no Hospital São Benedito e no Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá.

Um dos motivos da fiscalização é que existe o cofinanciamento estadual dos leitos de UTI destinados à Covid-19. Ou seja, o Estado paga pelos leitos.

No entendimento do magistrado, os documentos apresentados pelo Estado “são suficientes a demonstrar a probabilidade do direito do requerente e o perigo de dano ou risco ao resultado útil do processo que amparam e dão razoabilidade da sua pretensão inicial”.

Veja Mais:  Trabalhadores de eventos são beneficiados com cestas básicas da campanha

“A demonstração prévia pelo Estado de Mato Grosso de óbice e/ou empecilhos criados pela administração municipal para ingresso de equipes vinculadas a SES/MT nos Hospitais Municipais que fazem parte do plano de contingência municipal é, sem sombra de dúvidas, a inequívoca demonstração do fummus boni iuris”, destacou.

O magistrado ainda acrescentou que “nestas condições, o pericullum in mora é cristalino, pois a ausência de fiscalização e auditoria dos repasses ocasionará a suspensão dos pagamentos e consequente “perda” de leitos destinados ao tratamento de pacientes com COVID em total prejuízo a sociedade, que enfrenta o aumento diário de quadros contagiosos”.

Entenda o caso

O município de Cuiabá encaminhou à SES/MT plano de contingência municipal para solicitação de habilitação de leitos hospitalares (UTI) exclusivos para tratamento do COVID-19, junto ao Ministério da Saúde. 

A solicitação foi validada pelo Ministério da Saúde nos termos da Portaria n° 1239/2020 nas seguintes unidades de saúde municipal: 10 (dez) leitos no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá; 60 (sessenta) leitos no Hospital Municipal de Cuiabá e 30 (trinta) leitos no Hospital São Benedito, portanto, 100 (cem) leitos”.

O município recebeu repasse do Ministério da Saúde (Fundo da Saúde) ao Município, por leito de UTI destinado a COVID-19 é R$ 1.600,00 (um mil e seiscentos reais), por dia. 

Além disso, a Secretaria Estadual de Saúde  “também editou Portaria n° 152/2020/GBSES para ‘cofinanciamento’ estadual com acréscimo de R$ 143,20 (cento e quarenta e três reais e vinte centavos), no repasse diário e por leito de UTI (adulto e infantil) ao Município de Cuiabá, a título de incentivo, no custeio dos leitos de UTI destinados ao atendimento exclusivo de pacientes com COVID-19”.

Veja Mais:  Prefeitura de VG deve divulgar contratações emergências para combate à Covid-19

Por isso, a necessidade de se fiscalizar a existência dos leitos e se eles estão reservados, ou melhor, exclusivos para a Covid-19.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Detran-MT não tem caso confirmado de servidor com coronavírus

Publicado


.

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informa que, até o momento, não tem nenhum caso confirmado oficialmente de servidor com o novo coronavírus.

No caso do município de Várzea Grande, o Detran-MT tem dois postos localizados dentro do Várzea Grande Shopping, com os servidores trabalhando em regime de revezamento. Um posto fica no primeiro piso, onde presta os serviços de Habilitação, dentro do Centro Estadual de Cidadania. O outro posto está localizado no segundo subsolo, prestando os serviços de Veículos.

No último dia 19 de maio, uma servidora do Detran-MT, lotada no Centro Estadual de Cidadania, relatou alguns sintomas de gripe e foi imediatamente afastada do trabalho pela equipe de Gestão de Pessoas da Autarquia.

Desde o afastamento da referida servidora, nenhum outro servidor da unidade apresentou sintomas gripais, sendo que todos encontram-se em acompanhamento pela equipe de Saúde do Detran-MT. Até o momento, sem relatos de sintomas.

O Detran-MT ressalta ainda que existe um procedimento de higienização periódica de todas as unidades, contando com apoio do Corpo de Bombeiros Militar e do Exército Brasileiro na desinfecção dos ambientes nas unidades de Cuiabá e Várzea Grande. 

O Detran-MT também reforça que, desde que as unidades voltaram a funcionar de forma presencial, foram tomadas todas as medidas de prevenção e segurança necessárias para preservar a saúde dos servidores e da população, com a distribuição de máscara, álcool 70%, manutenção do distanciamento mínimo, bem como o acompanhamento de possíveis casos suspeitos de Covid-19. 

Veja Mais:  Governo consegue na Justiça direito de fiscalizar leitos da Covid em Cuiabá
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sesp confirma segunda morte por Covid-19 no Sistema Penitenciário

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) confirma a segunda morte por Covid-19 no Sistema Penitenciário, ocorrida nesta quinta-feira (28.05). Otávio Lindolfo da Silva, de 79 anos, cumpria pena na Cadeia Pública de Alta Floresta e estava internado no Hospital Regional do município desde a última segunda-feira (25.05).

O idoso apresentou sintomas da doença e passou por atendimento médico na própria unidade na última segunda-feira (25.05), quando o médico solicitou que o reeducando passasse por avaliação no posto de saúde próximo da unidade. De lá, ele foi transferido para o Hospital Regional, onde foi confirmado o diagnóstico de Covid-19 e passou a ser acompanhado na ala destinada aos pacientes com a doença, onde veio a óbito, por volta das 18h.

Diferente da primeira vítima, que possuía histórico de pneumonia, a unidade penal desconhece se o recuperando sofria de qualquer outra comorbidade. O primeiro óbito ocorreu na última quarta-feira (27.05), também com um idoso de 76 anos, que cumpria pena na cadeia da cidade.

Boletim

Pelo último levantamento realizado na manhã desta sexta-feira pela Administração Penitenciária, são 12 casos de presos confirmados de COVID-19 (1 em Tangará e 11 em Alta Floresta, incluindo 2 que morreram), 1 suspeitos em Juína, 24 já foram testados e deram negativos. Um preso em Alta Floresta está internado e os demais cumprindo o isolamento dentro da Cadeia Pública e estão com sintomas leves da doença. 

Veja Mais:  Trabalhadores de eventos são beneficiados com cestas básicas da campanha

Em relação aos servidores do Sistema Penitenciário, em Mato Grosso são 11 confirmados: 1 na PCE, 6 em Alta Floresta (sendo 3 recuperados), 2 em Peixoto de Azevedo, 1 em Pontes e Lacerda, 1 do SOE (já recuperado). São 39 casos descartados, 34 afastamentos por suspeita (aguardam resultados), e nenhum óbito. Todos os casos não houve necessidade de internação e os que ainda estão com o coronavírus, cumprem isolamento domiciliar. 

Casos confirmados e suspeitos

Todas as pessoas que estão com suspeita ou casos confirmados com COVID-19, seja servidores públicos ou não, que estejam com sintomas leves da doença, estão cumprindo a quarentena em isolamento domiciliar. A Sesp segue os protocolos estabelecidos pelos organismos de saúde quanto a quarentena e isolamento, assim faz a orientação para seus servidores, como os demais profissionais do Executivo do Estado, inclusive os da saúde. 

A Sesp reitera ainda que essas medidas de prevenção precisam ser seguidas por todos os profissionais também fora do ambiente de trabalho, ou seja, em suas casas, ou ambientes externos como supermercados, farmácias, etc., além de manter o distanciamento social, a rotina de higienização das mãos e uso de máscaras.

A Administração Penitenciária encaminhou Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para as 52 unidades penais, que foram adquiridos com recursos do Poder Judiciário, via Conselho da Comunidade da Vara de Execução Penal, e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Veja Mais:  Detran-MT não tem caso confirmado de servidor com coronavírus

A Secretaria tem orientado os servidores a manterem as medidas de segurança também fora do trabalho, pois não é possível mapear onde e quando a pessoa contraiu o vírus. O RH da Sesp também tem recebido denúncias de que servidores da Segurança Pública não têm cumprido as regras de isolamento social fora do expediente.

Testes rápidos 

A Secretaria de Segurança Pública tem seguido o protocolo da saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e os mesos são aplicados em casos suspeitos, conforme a Nota Técnica Nº 006/2020/COE COVID-19/SES-MT, de 11 de maio de 2020, que trata da Testagem Para Covid-19 em servidores públicos estaduais – Segurança E Saúde Pública. 

O documento estabelece que os testes laboratoriais só deverão ser utilizados em indivíduos sintomáticos, obedecendo o período oportuno de cada técnica e história epidemiológica que corrobora para definição de casos suspeitos, pois não há nenhuma evidência cientifica que sustente a testagem de pessoas SEM SINTOMAS clínicos.

Conforme Portaria nº 033/2020/SMS que regulamenta os procedimentos dos testes rápidos pelo Ministério da Saúde, os mesmos deverão ser realizados respeitando o mínimo de 07 (sete) dias completos desde o início dos sintomas de síndrome gripal evitando resultados negativos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana