conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de agredir vítima até a morte em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil, através de investigações da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), esclareceu o homicídio de Welison de Souza Silva, 31, conhecido como “Lelo”, com a identificação dos suspeitos e cumprimento do mandado de prisão preventiva de um dos autores do crime.

Geovane da Cruz, 21, o “Geovaninho”, foi identificado como comparsa de Elinthyerre Roma Santiago, 18, na ação criminosa e teve o mandado de prisão cumprido por homicídio qualificado. Além de auxiliar seu amigo a agredir a vítima até a morte, o suspeito filmou a execução do crime.

Na época dos fatos, Elinthyerre era menor de idade, sendo o procedimento em seu desfavor encaminhado para a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA). O suspeito atualmente encontra-se preso por um duplo homicídio praticado pouco tempo depois.

O crime ocorreu na madrugada de 09 de fevereiro de 2017, a vítima foi encontrada já em óbito nas proximidades de uma escola, no bairro Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande, com várias perfurações pelo corpo, causadas por objetos cortantes (pedras e tijolos).

No local de crime, foi encontrado ao lado do corpo dois pedaços de tijolos e uma pedra, utilizados como instrumento de execução do crime. O laudo pericial atestou que a vítima sofreu diversas lesões, principalmente na região torácica, as quais motivaram a insuficiência respiratória, causa direta da morte.

Segundo as investigações da DHPP, o crime foi motivado pelo fato de a vítima ter entrado na casa da avó do suspeito Elinhyerre para praticar um roubo. Diante do fato, o suspeito chamou o seu comparsa Geovane, que não só auxiliou a execução do crime, como filmou todo o ritual de agressões físicas praticado contra a vítima.

Veja Mais:  Quadrilha é detida em flagrante com módulos de caminhões furtados em Lucas do Rio Verde e Sorriso

De acordo com o delegado Caio Fernando Alvares de Albuquerque, ao ser interrogado, Elinthyerre, assumiu a autoria do crime e delatou Geovane, seu amigo de infância e comparsa no crime.

“Elinthyerre para ‘se gabar’ contava sobre a ação criminosa a terceiros, justificando que praticou o crime em represália ao fato de a vítima ter roubado a casa de sua avó. Da mesma forma, Geovane, contou a pessoas próximas que participou da execução, inclusive aparecendo nas filmagens dizendo ’Isso é para você aprender a não entrar na casa dos outros’, enquanto agredia a vítima”, disse o delegado.

Diante dos fatos, foi representado pela prisão preventiva de Geovane, pela prática de homicídio qualificado pelo motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que impossibilitou/dificultou a defesa da vítima, além de corrupção de menores. A ordem judicial foi deferida pela Justiça e cumprida na quarta-feira (26.06), no distrito da Guia. Interrogado, Geovane, assumiu a condição de comparsa no crime e confessou ter filmado a ação criminosa.

Comentários Facebook

Policial

Suspeitos de roubo e receptadores são presos em flagrante com ajuda de rastreador de celular

Publicado


.

Policiais militares do 10º Batalhão de Cuiabá prenderam na noite desta terça-feira (02.06), três homens, sendo um por roubo e dois por receptação.  

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes foram informados que duas pessoas foram assaltadas no bairro Araés, em Cuiabá. As vítimas foram rendidas por dois homens em um veículo GM Corsa prata, sob ameaça de uma faca. Os criminosos levaram dois celulares.

No local, um homem e uma mulher passaram as características físicas dos criminosos e informaram que um dos aparelhos tinha rastreador. Via sistema, o sinal dava que os suspeitos seguiam sentido cidade de Várzea Grande, com parada em um posto de gasolina na Avenida 15 de Novembro e seguiram bairro Jardim Potiguar.

Em acompanhamento, os policiais localizaram os criminosos, sendo um deles conseguiu fugir e não foi localizado. Com o suspeito que ficou, ele confessou o crime praticado junto com o comparsa que correu.  Dentro do carro estava as duas facas usada para intimidar as vítimas.

O homem detido contou que tinha vendido os dois aparelhos. Um dos compradores seria um funcionário de uma boate. O segundo seria um frentista do posto da Avenida 15 de Novembro.

Indagado, o primeiro receptador alegou que pegou o celular como moeda de troca do suspeito já detido, devido a consumo no estabelecimento comercial. Já o frentista do posto, negou, mas depois disse que pegou o celular na troca de combustível. Ele tinha escondido o aparelho em uma moita.

Veja Mais:  PM intercepta suspeito e apreende grande carregamento de maconha que seria vendida em Sinop

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Após mulher ser agredida, PM fecha bar por venda de drogas e exploração sexual

Publicado


.

Em Nova Guarita, a Polícia Militar apreendeu dois adolescentes e prendeu três pessoas por tráfico de drogas, exploração sexual e tentativa de homicídio, na terça – feira (02.06), em um bar, na região central.  No estabelecimento, uma mulher foi ferida após uma briga com o namorado, a vítima foi encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Colíder.

A equipe da PM realizava rondas pela região, quando foi acionada via 190 para verificar uma ocorrência em que um homem havia agredido uma mulher. Ao chegar ao local, a polícia identificou que a vítima já recebia atendimento médico; ela foi encaminhada às pressas para o hospital com um quadro de traumatismo craniano moderado e crise convulsiva.

No hospital, os policiais localizaram o namorado da vítima, que relatou namora a mulher há pouco mais de um ano, e que sua namorada havia tentado lhe esfaquear no bar por causa ciúmes e ele a empurrou, ocasionando o ferimento na cabeça da vítima. O suspeito estava com lesões no pescoço e braço.

Os policiais retornaram ao bar onde havia ocorrido a briga do casal. Testemunhas informaram que o estabelecimento se trata de uma boca de fumo. Na checagem ao bar, os policiais perceberam um adolescente correndo, tentando fugir da abordagem, o menor foi pego e com ele os policiais encontraram uma porção de pasta base.

Veja Mais:  Polícia Civil prende autor de roubos e suspeito de entrar com drogas em presídio

A PM acionou o Conselho Tutelar para dar apoio na ocorrência já que havia duas crianças no bar, um bebê de seis meses e uma criança de três anos de idade, filha de uma adolescente de 16 anos com um dos suspeitos e de outra mulher que acabou detida na ação policial.

No bar, a polícia encontrou enterrado no quintal 56 gramas de maconha, 112 gramas de cocaína, um caderno de anotações, balança de precisão e R$ 1.130,00.  Durante abordagem, a adolescente (16 anos) contou que na sexta – feira (29.05) os suspeitos lhe pagaram um táxi para ela ir trabalhar no bar, durante o dia a menor trabalha como atendente e a noite, elas (mulheres) fazem programa.

Dois homens e uma mulher (27, 24 e 37 anos) foram presos e dois adolescentes (16 e 17 anos) apreendidos na ação da PM. Todo o material foi recolhido e entregue na delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende autor de roubos e suspeito de entrar com drogas em presídio

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), durante diligências realizadas na terça-feira (02.06), pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) prendeu dois homens envolvidos em diferentes crimes.

Em uma das ações, um foragido da Justiça considerado de alta periculosidade foi preso por força de mandado de prisão. Na outra situação, um suspeito foi preso depois de tentar entrar com porções de drogas para dentro de uma unidade prisional.  

A primeira ocorrência foi  realizada na manhã de terça-feira (02), quando os investigadores conseguiram localizar no bairro Magnólia, um jovem de 22 anos, autor de vários roubos praticados na cidade.

O rapaz estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela Justiça, após investigação da Polícia Civil e constatação da participação nos assaltos.

Ele foi identificado em, pelo menos, quatro roubo ocorrido em estabelecimentos comerciais da cidade entre eles um supermercado no bairro Morumbi, uma panificadora, uma lanchonete e uma casa lotérica na região central de Rondonópolis.

Com cumprimento do mandado judicial o suspeito foi conduzido até a Derf para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Drogas no presídio

A segunda prisão ocorreu após a Polícia Civil ser comunicada pelos policiais penais, sobre um homem que teria ido até a Penitenciária Mata Grande e deixado algumas peças de roupas para serem entregues a um recuperando. Durante revistas das peças foram encontradas duas porções de maconha.

Veja Mais:  Polícia Civil prende autor de roubos e suspeito de entrar com drogas em presídio

Os investigadores da Derf iniciaram as diligências em busca do suspeito na Gleba Dom Bosco, zona rural de Rondonópolis.

Após ser localizado, o suspeito foi conduzido para Derf, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, com aumento de pena em razão de ter praticado o crime no interior de estabelecimento prisional.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana