Policial

Polícia Civil identifica autor de furto e recupera motocicleta em Canabrava do Norte

Publicado

Com várias passagens criminais, Cláudio Roberto Pereira Costa, 36, conhecido como “Pacote”, será indiciado em inquérito policial como autor do furto.Um crime de furto ocorrido na cidade de Canabrava do Norte (1.215 km a Nordeste) foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil, com a identificação do autor e recuperação do veículo furtado. A ação que resultou na apreensão da motocicleta contou com apoio da Polícia Militar.

As diligências iniciaram logo após o fato, ocorrido em uma propriedade agrícola, na zona rural de Canabrava do Norte, na madrugada do dia 29 de julho. Na ocasião, foi subtraída uma motocicleta Honda modelo CG 150 Fan. Durante investigações, os policiais civis lograram êxito em descobrir Claudio, como responsável pelo furto da motocicleta.

Com base nas indícios, o suspeito foi localizado e conduzido à Delegacia de Polícia para esclarecimentos. Interrogado, Cláudio assumiu a autoria do crime e revelou o local onde escondeu o veículo.

Diante da informação, os policiais civis junto aos policiais militares deslocaram-se até a região de mata, a beira da Rodovia BR158, sentido cidade de Porto Alegre do Norte, onde recuperaram o veículo furtado.

Por não estar em flagrante delito, o suspeito responderá o inquérito policial em liberdade, e será indiciado pelo crime de furto.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Advogado que matou homem em bar e suspeito de golpear até a morte mulher são presos pela PC

Policial

Polícia Civil promove mudanças em delegacias Metropolitanas e de Atividades Especiais

Publicado

A Polícia Civil de Mato Grosso realizou nesta semana mudanças nas titularidades de delegacias das Diretorias de Atividades Especiais e Metropolitana e na Diretoria de Execução Estratégica. As alterações têm o objetivo de reforçar a atuação de algumas unidades policiais, além de fortalecer ações de combate à criminalidade e de adequação ao planejamento estratégico da Diretoria da Polícia Civil para o próximo ano.

Conforme o diretor de Atividades Especiais, delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, as remoções priorizam, principalmente, a promoção e aprimoramento do trabalho principal da instituição, que é a prestação de um serviço policial de qualidade e eficiente.

Na DAE, as mudanças ocorrem com a saída do delegado adjunto Wilson Wcibulski Júnior da Gerência de Combate ao Crime Organizado, que assumirá a titularidade da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). Já a delegada Juliana Chiquito Palhares saiu da titularidade da DRE e assumiu a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos.

A delegada Juliana Chiquito terá como adjunto na DRCI o delegado Gustavo Godoy, que também atuava na GCCO, unidade que permanece como titular o delegado Gustavo Belão. Para reforçar o time da GCCO, ingressam na gerência os delegados Antenor Júnior Pimentel e Maurício Maciel.

Já os delegados Ruy Guilherme Peral da Silva e João Paulo Firpo, que atuavam na DRCI, serão lotados em Delegacias de Cuiabá e Várzea Grande.

O diretor Metropolitano, delegado Wagner Bassi Junior, destacou que as mudanças são atos comuns que buscam melhorias, além de oferecer aos delegados motivação no desempenho da função, oportunizando conhecimentos em novas áreas.

Veja Mais:  Autores de roubo em Pontal do Araguaia tem mandados cumpridos pela Polícia Civil

“A Polícia Civil está finalizando o curso de formação técnico-profissional de novos servidores e a ideia é ajustar e recepcionar essa movimentação em que policiais em exercício virão do interior para a Capital”, pontuou o diretor Metropolitano, citando como exemplo o delegado de Rosário Oeste, Antenor Pimentel, que irá para uma unidade da DAE.

Na Diretoria de Execução Estratégica (DEE), área responsável pela execução de projetos administrativos e obras, também houve mudança. A delegada Ana Paula de Faria Campos assumiu a diretoria.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Criminoso foragido de MT é localizado após investigações vivendo em apartamento de luxo em frente à praia de Fortaleza

Publicado

Um criminoso de alta periculosidade e procurado pela Polícia Civil de Mato Grosso foi preso nesta quarta-feira (29.11), em um flat residencial de luxo na Praia de Meireles, em Fortaleza. Informações apuradas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) apontaram que Fábio Barbosa Freres estava se escondendo na capital cearense e hospedado, atualmente, em um prédio em frente à praia, em uma localização privilegiada da cidade.

Com as informações de que o foragido estava com a esposa no Nordeste, a equipe de investigação da GCCO solicitou o apoio da Assessoria de Inteligência da Polícia Militar em Fortaleza e passou o endereço do flat onde Fábio estava hospedado, um prédio na Avenida da Abolição.

O criminoso foi alvo da Operação Conexão 15 neste ano, e estava com mandados de prisão em aberto expedidos pelas Comarcas de Pontes e Lacerda e Tabaporã. Conforme a investigação da Polícia Civil, ele é considerando uma importante liderança de uma facção criminosa que atua nas cidades de Pontes e Lacerda, Campo Novo dos Parecis, Juara, Sapezal e Tangará da Serra.

Vida de luxo

A GCCO apurou que antes de morar em Fortaleza, o criminoso passou pelo estado do Maranhão. Segundo as investigações, por se tratar de líder da organização criminoso e com posição de destaque, o foragido usufruía de privilégios. Além de se hospedar em um flat de luxo, ele andava com um veículo Land Rover Evoque, em nome de ‘laranja’.

Veja Mais:  Polícia Militar recupera trator furtado e apreende armas de fogo no interior de MT

Ao ser abordado pela equipe da Cotam da PM, o criminoso apresentou uma identidade falsa, em nome de Tiago Barbosa Gamarra, expedida no Pará.

Conduzido a uma unidade da Polícia Civil em Fortaleza, Fábio foi autuado em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e falsa identidade, além de ser dado cumprimento aos mandados de prisão de Mato Grosso.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Fuzis e veículo de luxo são apreendidos com grupo criminoso envolvido em disputa de terras em Água Boa

Publicado

Sete armas de fogo, entre elas dois fuzis de calibre 556, e um veículo de luxo foram apreendidos com os investigados da Operação Anarquia, deflagrada na terça-feira (28) pela Delegacia da Polícia Civil de Água Boa contra um grupo investigado por crimes ligados à disputa agrária na região.

Cinco pessoas foram presas durante a operação. Duas delas foram detidas em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso e posse irregular.

Recentemente, os integrantes da associação criminosa atearam fogo em uma propriedade na área rural de Água Boa causando prejuízos de R$ 800 mil à vítima.

Durante a investigação, a Polícia Civil recebeu diversas denúncias de que os investigados estavam portando armas de fogo e ameaçando pessoas em locais de grande circulação no centro de cidade, sem nenhum pudor, para intimidar desafetos.

O delegado de Água Boa, Matheus Soares Augusto, destaca que os investigados, todos presos durante a operação, respondem a diversos crimes no estado de Goiás e acreditavam que, ao se mudarem para cidade de Água Boa, poderiam continuar infringindo a legislação. “Eles agiam como se estivessem no faroeste, fazendo ameaças e portando armas de fogo dentro da cidade, pensando que fossem imunes à lei. Tal conduta é inadmissível para a Polícia Civil que, ao tomar conhecimento dos fatos, adotou todas as providências para prisão dos criminosos”, reiterou.

Os alvos da Operação Anarquia são também investigados pela Polícia Civil goiana por lavagem de capitais e um esquema de falsificação de defensivos agrícolas, que eram revendidos nos estados de Mato Grosso, Bahia, São Paulo, Paraná e Goiás.

Veja Mais:  Motorista de carreta é preso pela PRF com arma e drogas

Outras apreensões

Durante a operação Anarquia, a Delegacia de Água Boa apreendeu com os criminosos um veículo de luxo, da marca Jaguar, e uma camionete Ford Ranger, que estavam com ordem de sequestro judicial expedida pela Justiça de Goiás como parte de uma investigação da Polícia Civil do estado vizinho.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT Segurança nas Escolas

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana