conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Sistema do Detran é restabelecido após indisponibilidade temporária

Publicado

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) informa que, devido a problemas ocorridos em uma manutenção programada nos sistemas do  Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro),  em Brasília,  o sistema do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) ficou indisponível na tarde de sexta-feira (22.02) e sábado (23.02).

A comunicação entre o sistema do Detran e os sistemas  do Serpro foi restabelecida às 11h30 deste sábado. A equipe técnica da MTI, em conjunto com a equipe técnica do Detran, realizou todas as ações necessárias para assegurar que todos os serviços fornecidos pelo sistema do Detran fossem restabelecidos.

O Serpro está modernizando seu parque tecnológico para reduzir os problemas em sua infraestrutura de tecnologia da informação e comunicação, ação que vem afetando a disponibilidade  dos sistemas do Estado de Mato Grosso. Por isso, a MTI está trabalhando, em parceria com o Serpro, para prevenir contra novas indisponibilidades e oferecer o melhor serviço aos servidores e usuários do Detran.

Além disso, a MTI e o Detran trabalham conjuntamente em um plano de melhorias que irá disponibilizar, nos próximos meses, maior facilidade, segurança e, principalmente, maior estabilidade aos serviços digitais prestados para o cidadão.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Programa do Governo de Mato Grosso vai distribuir 200 mil cobertores

Mato Grosso

PM lamenta morte de sargento da reserva remunerada

Publicado


.

É com pesar que a Polícia Militar vem à público informar a morte do 3º sargento da reforma remunerada Ivan Aparecido da Silva, de 58 anos, e prestar condolências a sua família, esposa e filhas.

Sargento Aparecido morreu na manhã desta terça-feira (08.07), na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Jardim Cuiabá, em Cuiabá, onde estava internado desde o último sábado (04.07). Ele sofreu uma parada respiratória e não resistiu à infecção causada pelo novo coronavírus.

Diagnosticado com Covid-19 na última semana de junho, Aparecido estava em tratamento domiciliar, fazendo uso de medicamentos prescritos e sob orientação médica. Todavia, o estado de saúde dele se agravou exigindo internação hospitalar em leito de terapia intensiva, como correu no último sábado, mas Infelizmente o quadro evoluiu para óbito. Ele era hipertenso, porém a doença era mantida sob controle com tratamento medicamentoso.

Chapadense de nascimento, Aparecido dedicou grande parte de sua vida, quase 30 anos, à prestação de serviços para a sociedade mato-grossense por meio da Polícia Militar. Além de unidades operacionais, no policiamento de prevenção e repressão à violência, por quase 15 anos atuou na Corregedoria Geral da PMMT.

Sargento Aparecido têm a sua trajetória profissional marcada pela dedicação e amor à carreira militar e o respeito ao próximo. Similar foi sua história em família, com a esposa Natalice, com quem está casado há 30 anos, e com as filhas Iara e Samille.

Veja Mais:  PM lamenta morte de sargento da reserva remunerada

Por exigência do protocolo em razão da pandemia da Covid-19, não haverá velório aberto aos familiares e amigos. A família ainda está encaminhando os procedimentos necessários ao sepultamento.

Polícia Militar do Estado de Mato Grosso

Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Bombeiros estruturam equipes de atuação contra queimadas ilegais em municípios de MT

Publicado


.

Com o objetivo de fortalecer a resposta rápida às ocorrências de incêndios florestais e queimadas ilegais em localidades que não possuem unidade fixas do Corpo de Bombeiro Militar de Mato Grosso, entre os dias 1° e 5 de julho, a corporação ativou 24 equipes de prevenção e combate à incêndios florestais.

As guarnições desenvolvem diversas ações com impacto regional, como campanhas em mídias locais (TVs, sites, rádios), rondas ostensivas rurais, orienta a população, monitoramento de focos de calor, combates a incêndios florestais, entre outras.

Nos primeiros ciclos operacionais a finalidade é conscientizar e alertar a população do período proibitivo e as consequências do descumprimento da legislação ambiental. O planejamento é que em agosto e setembro essa estrutura seja ampliada para 37 equipes.

Atualmente o CBMMT possui em campo duas Equipes de Intervenção e Apoio Operacional (EIAOp), 11 Bases Descentralizadas Bombeiro Militar (BDBM) e 11 Brigadas Municipais Mistas (BMM), além de uma Equipe de Fiscalização e Perícia na região Noroeste do Estado.

Nestes cinco dias de operação já foram realizados pelas equipes 31 combates, 26 rondas ostensivas rurais e 13 orientações preventivas.

Conheça alguns termos

Ciclo Operacional: Jornada de dez dias, que se mantém constante até que se encerre a fase de resposta da Temporada de Incêndios Florestais (TIF), trocando apenas os militares.

EIAOp: Equipes de Intervenção e Apoio Operacional (EIAOp) são guarnições especializadas para resposta a grandes incêndios florestais, e suporte às Bases Descentralizadas Bombeiro Militar (BDBM) e Brigadas Municipais Mistas (BMM).

Veja Mais:  Bombeiros estruturam equipes de atuação contra queimadas ilegais em municípios de MT

BDBMs: São equipes formadas somente por bombeiros militares que atuam na prevenção e combate à incêndios florestais em Unidades de Conservação do Estado e suas proximidades, e em localidades com elevados números de focos de calor.

BMMs: são instrumentos de resposta estruturados a partir da parceria firmada entre o Estado e municípios, onde os investimentos na prevenção e combate à incêndios florestais são compartilhados, por meio de um Termo de Cooperação.

O CBMMT oferece dois bombeiros militares e a formação de brigadistas, e a prefeitura cede os brigadistas e uma viatura para que se realize o serviço no território do município cooperado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Presos da PCE tentam fuga e são impedidos pelos policiais penais

Publicado


.

Cerca de 70 presos tentaram fugir serrando a grade de duas celas do raio 4 da Penitenciária Central do Estado (PCE), mas a ação foi impedida pelos policiais penais que perceberam a movimentação.  A tentativa de fuga ocorreu no sábado (04.07).

Por meio de um levantamento de inteligência, os policiais penais sabiam que os presos do raio 4 tentariam nova fuga e que a mesma seria no sábado, por isso, foi realizada revista cela por cela e os servidores descobriram que em duas celas, as grades já estavam completamente cerradas.

Na segunda-feira (06.07) foram retiradas as grades cerradas e a substituição por novas, já que as outras foram destruídas pelos recuperandos. Esta é a sexta tentativa de fuga dos presos da PCE que foi impedida este ano.

Com o ato, as visitas ao raio 4 estão suspensas porque os reeducandos agiram com indisciplina.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Bombeiros estruturam equipes de atuação contra queimadas ilegais em municípios de MT
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana