Policial

Ação conjunta prende 5 e impede roubo de cargas na região Sul de MT

Publicado

Cinco integrantes de uma associação criminosa de roubo de cargas foram presos em força-tarefa da Polícia Judiciária Civil, das Delegacias de Juscimeira, Jaciara e Pedra Preta, com a Polícia Militar de Garça Branca, a Polícia Rodoviária Federal.As prisões ocorreram na noite de quinta-feira (20), na R-364, região sul do Estado de Mato Grosso.

O grupo preso é o segundo desarticulado pelas forças de segurança, no mês de julho, na mesma região.Na noite do dia 12 de julho, três criminosos que agiam roubos de cargas em rodovias do Sul de Mato Grosso foram presos.

Na ação da semana passada foram presos: Gleysson Goncalves da Silva, 27, com os  passageiros: Aldo Alves da Silva, 3, Claudio de Jesus, 34, e Douglas Gomes da Silva, 19 e  Ricardo Pereira Morais, 35.

Ação iniciou após a Polícia receber ligação do sistema de monitoramento de empresa, informando que um de seus caminhões estava parado há vários minutos na beira da estrada.

Equipes das Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal seguiram até a região da Serra da Petrovina, município de Pedra Preta. No local, um caminhão FH Volvo, placa 0309, com reboques OYB-8750 e OYB-8920 foi localizado pela PM, com a chave na ignição, em frente a um mercado, na localidade de Vila Garça Branca, Pedra Preta.

Mais tarde, o motorista de 51 anos, também foi localizado próximo a cidade de Pedra Preta. Ele narrou aos policiais que precisou parar o caminhão devido os freios terem travado, momento em que foi surpreendido por um homem armado,  que anunciou o roubo. O motorista contou que teve o rosto coberto e foi obrigado a entrar em outro veículo. Depois foi levado para um cativeiro no meio do mato, onde continuou sofrendo ameaças.

Veja Mais:  Homem é executado dentro do próprio carro no Anel Viário de Rondonópolis

Em razão do bloqueio do veículo pela empresa de monitoramento, dada a inconsistência de paradas em locais ermos e fora da rota, os suspeitos abandonaram o caminhão e a vítima conseguiu se libertar do cativeiro.

Frustrada a primeira tentativa de roubo, momentos depois da localização da primeira vítima, os, Policiais receberam informação da tentativa de roubo de outra carreta próxima ao município de Pedra Preta.

Em rondas e abordagens no percurso que liga Pedra Preta à Vila Garça Branca, a PRF localizou quatro homens, nas proximidades da subida da Serra da Petrovina. Os suspeitos estavam em veículo Celta, cor prata.  Eles desrespeitaram a ordem de parada do veículo e iniciaram fuga, jogando o veículo em cima de um dos policiais.

Durante a perseguição, os policiais perceberam que objetos foram dispensados na pista. Após abordagem, os policiais retornaram pela estrada e constataram que os suspeitos portavam um aparelho conhecido por “chupa-cabra”, utilizado para bloquear o rastreamento dos caminhões.

O carro Celta conduzido pelo suspeito Gleysson Goncalves da Silva, 27, com os  passageiros: Aldo Alves da Silva, 3, Claudio de Jesus, 34, e Douglas Gomes da Silva, 19.

O quinto suspeito, Ricardo Pereira Morais, 35, foi localizado pela Polícia Civil que dava apoio a ação. Ele andava a ermo na BR-364. Seu envolvimento foi constatado pelas incessantes chamadas que tentava realizar para os comparsas presos.

Veja Mais:  Polícia Civil prende suspeito de roubar veículos trocar por drogas na Bolívia

O segundo caminhão FH Volvo, placa AQI-0691, reboques HSZ-8060/HSU-8060, carregado com 47.000 litros de óleo diesel, foi localizado no Posto Locomotiva, em Pedra Preta. Segundo o motorista de 48 anos, observando que os freios estavam travados e suspeitando que fosse ser vítima de roubo, conseguiu conduzir o caminhão até que este pegasse fogo, a fim de ser socorrido por outros motoristas que passavam.

Os suspeitos, vítimas e materiais apreendidos foram encaminhados ao plantão da 1ª Delegacia de Polícia em Rondonópolis, local onde os assaltantes foram autuados em flagrante por roubo majorado e associação criminosa.

Comentários Facebook

Policial

Batalhão Ambiental da PM fecha garimpo ilegal e multa proprietário em Nossa Senhora do Livramento

Publicado

Policiais militares do Batalhão Ambiental (BPMPA) fecharam uma área de garimpo ilegal, na manhã desta sexta-feira (24.06), na zona rural de Nossa Senhora do Livramento. Um homem de 52 anos, proprietário da área, foi preso e multado em R$ 189 mil. Maquinários utilizados na área foram apreendidos pela equipe.

Por volta de 10h, a equipe do Batalhão Ambiental recebeu denúncia anônima que informava sobre um garimpo que funcionava de maneira irregular, próximo de uma rodovia, em uma área de preservação permanente. Os policiais militares foram ao endereço indicado e identificaram uma grande área de desmatamento.

No local, a equipe foi recebida por um homem, que se apresentou como proprietário da área e responsável pelo empreendimento. Questionado sobre a documentação para o funcionamento do garimpo, o suspeito afirmou que não possuía autorização para realizar a ação.

A equipe do Batalhão Ambiental ainda identificou supressão da vegetação nativa e desvio do curso de água para despejo de rejeitos de minérios em um córrego. Os policiais militares também localizaram escavadeiras, motosserras e demais maquinários utilizados para degradação da área.

Diante da situação, o suspeito que se apresentou como proprietário da área foi conduzido para a Delegacia e multado em R$ 189 mil. Todo o material encontrado nas terras foi apreendido pela equipe do Batalhão Ambiental.

Disquedenúncia  

Veja Mais:  PRF intermedia negociação e motorista é liberado por indígenas

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Batalhão Ambiental da PM fecha garimpo ilegal em Nossa Senhora do Livramento

Publicado

Policiais militares do Batalhão Ambiental (BPMPA) fecharam uma área de garimpo ilegal, na manhã desta sexta-feira (24.06), na zona rural de Nossa Senhora do Livramento. Um homem de 52 anos, proprietário da área, foi preso e multado em R$ 189 mil. Maquinários utilizados na área foram apreendidos pela equipe.

Por volta de 10h, a equipe do Batalhão Ambiental recebeu denúncia anônima que informava sobre um garimpo que funcionava de maneira irregular, próximo de uma rodovia, em uma área de preservação permanente. Os policiais militares foram ao endereço indicado e identificaram uma grande área de desmatamento.

No local, a equipe foi recebida por um homem, que se apresentou como proprietário da área e responsável pelo empreendimento. Questionado sobre a documentação para o funcionamento do garimpo, o suspeito afirmou que não possuía autorização para realizar a ação.

A equipe do Batalhão Ambiental ainda identificou supressão da vegetação nativa e desvio do curso de água para despejo de rejeitos de minérios em um córrego. Os policiais militares também localizaram escavadeiras, motosserras e demais maquinários utilizados para degradação da área.

Diante da situação, o suspeito que se apresentou como proprietário da área foi conduzido para a Delegacia e multado em R$ 189 mil. Todo o material encontrado nas terras foi apreendido pela equipe do Batalhão Ambiental.

Disquedenúncia  

Veja Mais:  PM prende pela segunda vez homem por descumprir medida protetiva

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Cinco pessoas são presas pela PM e mais de 100 porções de drogas apreendidas em Cuiabá

Publicado

Policiais militares prenderam em flagrante quatro homens, com idades entre 26 e 62 anos, por tráfico ilícito de drogas e apreenderam mais de 100 porções de substância análoga a cocaína, no final da noite desta sexta-feira (24.06), em Cuiabá. Ainda na ocorrência, uma mulher de 26 anos foi presa por ameaça e desacato, e mais de R$ 4,2 mil em dinheiro foram apreendidos.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 23h40, durante patrulhamento tático pela Operação Impactus, as equipes formadas pelo Grupo de Apoio (GAP) do 24º Batalhão da PM e do 10º Estágio de Qualificação de Sargentos (EQS) visualizaram um homem arremessando alguns pacotes para dentro de um estabelecimento, e uma segunda pessoa tentando guardar um carro no local.

De imediato foi iniciado procedimento de abordagem aos suspeitos, sendo encontrado com um dos homens três porções pequenas de cocaína. Em checagem ao veículo que o segundo suspeito tentava guardar, foram visualizadas uma porção grande de maconha e diversas porções de cocaína, que foram apreendidas.

No local, os policiais militares também abordaram outros dois homens, ligados aos criminosos que já haviam sido detidos. Em revista pessoal ao terceiro suspeito, foi encontrado a quantia em dinheiro de R$ 4.239,00 reais. 

Questionado sobre o valor, o homem revelou que o montante era proveniente de golpes de vendas por aplicativos, que eram realizados junto com um quarto suspeito, que também foi abordado e detido pela PM.

Veja Mais:  Polícia Civil recupera 70 cabeças de gado furtadas em Guarantã do Norte

Ainda segundo o boletim de ocorrência, no momento da condução dos quatro suspeitos, uma mulher, que seria esposa de um dos homens, apareceu em uma motocicleta Biz e começou a desacatar e ameaçar os policiais militares que realizavam a ação. 

Em revista aos documentos pessoais da suspeita, foi verificado que ela não possuía CNH e que a motocicleta estava sem licenciamento, tendo sido a mulher também detida e o veículo apreendido.

Diante dos fatos, os cincos suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes junto com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis referentes ao caso.

Disquedenúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana