conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

El manco Héctor Castro, o jogador deficiente que foi herói da Copa de 1930

Publicado

Entre muitos outros feitos, ele foi um dos maiores atacantes de seu tempo… e tudo isso superando uma deficiência física: Hector Castro não tinha uma mão. Ele perdeu o antebraço direito em um acidente com uma motosserra quando criança. E foi um dos maiores nomes da Copa de 30.

Mas ser deficiente físico não o impediu de ser um grande jogador de futebol, ídolo do Nacional de Montevidéu e do Estudiantes de La Plata. Com o apelido de “el manco” – e depois de “el divino manco” – ele provou que sua limitação não o impediria de ser artilheiro. Depois de títulos com o Uruguai, quando se aposentou fez história também como treinador no Campeonato Uruguaio, aplicando goleadas no Peñarol. 

Confira essa incrível história no vídeo de hoje.

Conheça o Última Divisão:

Youtube 
Facebook 
Twitter 
Instagram

Comentários Facebook
Veja Mais:  Em bate-papo organizado pelo Arena Hub, o Mauro Silva ressaltou como o futebol pode ser usado na educação

Esportes

Fluminense derrota o Flamengo e é campeão da Taça Rio

Publicado

Fotos: Lucas Merçon/FFC

É CAMPEÃO! Em um jogo muito disputado durante os 90 minutos, Fluminense e Flamengo empataram em 1 a 1 – gols de Gilberto e Pedro (Fla) – e disputaram o título da Taça Rio nos pênaltis. Na decisão, destaque para Muriel, que fez duas defesas e garantiu a taça para as Laranjeiras e a vaga na decisão do Campeonato Carioca, a ser iniciada no próximo domingo, contra o mesmo rival.

PRIMEIRO TEMPO

O Fluminense iniciou a partida tentando dominar as ações. Antes do primeiro minuto, Nene aproveitou uma sobra e bateu forte, mas a bola subiu demais. O camisa 77 teve outra chance, em cobrança de falta, aos 18, mas a bola ficou na barreira. Aos 24, mais um boa chance. Após falta cobrada na área por Nene, a bola pipocou na área e sobrou para Gilberto. O lateral tentou de cabeça e o goleiro adversário fez a defesa.

O Flu chegou com muito perigo mais uma vez aos 35, com Yago aproveitando cruzamento da direita e batendo rente a trave. Na sequência, dois minutos depois, finalmente a bola entrou. Após falta cobrada na área, Gilberto não desperdiçou e, de cabeça, abriu o placar para o Time de Guerreiros.

SEGUNDO TEMPO

O Fluminense retornou para a segunda etapa com uma mudança: Fernando Pacheco entrou no lugar de Evanílson. Antes dos 15, Marcos Paulo e Yago Felipe tiveram boas oportunidades travadas pela defesa adversária. O técnico Odair Hellmann fez outras alterações, com a entrada de Yuri e Caio Paulista nas vagas de Yago Felipe e Marcos Paulo. Aos 31 minutos, em trama pela esquerda, Pedro marcou o gol de empate do Flamengo.

Veja Mais:  Jogador de Rondonópolis recém-promovido agradece conselhos de Jesualdo no Santos FC

A última substituição no Tricolor foi a entrada de Michel Araújo na vaga de Gilberto, aos 43. O Fluminense lutou até o fim e quase marcou o gol do título aos 49, mas a defesa do adversário cortou um escanteio cobrado por Nene que tinha endereço certo. Como o empate persistiu, a decisão do título da Taça Rio foi para os pênaltis.

PÊNALTIS

Nene abriu as cobranças para o Fluminense e balançou as redes. Gabriel Barbosa bateu para o Flamengo e empatou. Dodi foi o segundo para o Flu e parou em Diego Alves. Muriel não deixou barato e pegou a cobrança seguinte, de Willian Arão. O terceiro a cobrar pelo Tricolor foi Hudson, que também marcou. Léo Pereira foi na bola para o Flamengo e mandou para fora. O uruguaio Michel Araújo fez a quarta cobrança tricolor e parou em defesa do goleiro. Pedro foi para a bola pelo adversário e empatou. Fernando Pacheco foi para a quinta cobrança e marcou. Rafinha fechou a série de cobranças para o rival e parou em Muriel, que garantiu o título para o Fluminense!

Veja fotos da partida: https://www.flickr.com/photos/oficialflu

FICHA TÉCNICA
TAÇA RIO – FINAL
Maracanã – Rio de Janeiro/RJ

Fluminense (1)
Muriel; Gilberto (Michel Araújo), Matheus Ferraz, Nino e Egídio; Hudson, Yago Felipe (Yuri) e Dodi; Nene, Marcos Paulo (Caio Paulista) e Evanílson (Fernando Pacheco).
Técnico: Odair Hellmann

Flamengo (1)
Diego Alves; Rafinha, Léo Pereira, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson (DIego), Arrascaeta (Pedro) e Éverton Ribeiro (Michael); Bruno Henrique (Vitinho) e Gabriel Barbosa.
Técnico: Jorge Jesus

Veja Mais:  Hulk confirma auxílio emergencial de suas irmãs e lamenta

Gols: Gilberto (37′ 1T) – FLU; Pedro (31′ 2T) – FLA
Cartões amarelos: Gilberto, Nene (FLU); Léo Pereira, Filipe Luís, Rafinha (FLA)
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Corrêa e Thiago Henrique Neto Farinha

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Lucas Merçon/FFC

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Em bate-papo organizado pelo Arena Hub, o Mauro Silva ressaltou como o futebol pode ser usado na educação

Publicado

Mauro Silva, vice-presidente da FPF, participou nesta quinta-feira (2) do webinar Arena Hub Talk#5. O ex-atleta falou sobre como o esporte pode ser uma ferramenta de impacto social.

Foto: Assessoria

Tetracampeão com a Seleção Braisleira em 1994, Mauro Silva se usou como exemplo e apontou como as empresas devem olhar para essa questão. “Eu fico muito satisfeito quando se fala de impacto social através do esporte porque, na minha vida, se não fosse o esporte, não estaria aqui. Eu sei exatamente o que o esporte é capaz de fazer na vida das pessoas, porque esse impacto social aconteceu comigo e a gente pode fazer com que isso chegue a muitas crianças, muitos adolescentes. As empresas têm que estar atentas a sociedade, ao meio ambiente. Então, a Federação Paulista de Futebol  tem tido esse papel e me dá muita satisfação poder participar”, falou.

Mauro citou exemplos de ações sociais da FPF. “Entre as iniciativas, eu posso destacar o próprio Arena Hub, que começou em um almoço com o governador de São Paulo, João Dória, que é voltado para o impacto social através do empreendedorismo. Eu também posso destacar a campanha social ‘Assistência de Craque’, que é uma corrente de solidariedade e amor em prol das comunidades carentes”, pontuou.

Falando sobre o início de sua carreira, Mauro Silva fez questão de destacar a importância das categorias de base na formação de atletas, mas também de cidadãos. “Eu comecei no Guarani, mas 98% dos atletas que estavam ali comigo não se tornaram jogadores de futebol. Mas categoria de base é escola. Quanto mais você foca no desenvolvimento humano, mais você melhora o atleta. Eu acredito muito em uma nação esportiva, a partir do momento que você cria a possibilidade crianças possam se desenvolver através do esporte. Nos Estados Unidos e na Europa, não há formação acadêmica sem formação esportiva e, se a gente conseguisse implementar isso no Brasil, a gente teria bons atletas e bons cidadãos, educando através do esporte”, exemplificou.

Veja Mais:  Botafogo empata e se classifica para semifinal

Além de Mauro Silva, o encontro virtual contou com a presença de Ricardo Trade, conselheiro da Arena Hub; Yoan Noguier, co-fundador da Yunur Sports Hub; Fabiana Bentes, presidente da Sou do Esporte; e Claudia Furini, superintendente de marketing no Banco BV.

A Arena Hub foi organizada para desenvolver a indústria do esporte, mídia e entretenimento, gerando impacto econômico e social, conectando profissionais, startups, entidades, investidores e grandes empresas do ecossistema esportivo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Copa do Nordeste retorna no dia 21 de julho com sede somente em Salvador

Publicado

Taça da Copa do Nordeste, competição organizada pela CBFCopa do Nordeste conta com a participação de 16 clubes e tem o Fortaleza como atual campeão
Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

A Copa do Nordeste 2020 voltará a ser disputada no dia 21 de julho. O anúncio de retorno foi feito na noite desta terça-feira (7) nos canais oficiais de comunicação da competição. O campeonato será o primeiro entre clubes de estados distintos a ser disputado em sede única. A partir da liberação das autoridades locais, a capital da Bahia, Salvador, foi a cidade escolhida para receber todos os 16 jogos restantes do Nordestão.

Paralisada no mês de março por conta da pandemia de Covid-19, a competição retornará de onde parou, na oitava e última rodada da Primeira Fase. Os quatro melhores colados de cada um dos dois grupos avançam às Quartas de Final. Os jogos de Quartas e Semis são únicos, enquanto a decisão é realizada em duas partidas. O encerramento da Copa do Nordeste 2020 tem como previsão a data de 4 de agosto.

No Grupo A, o Fortaleza lidera, com 14 pontos, e o Bahia vem logo atrás, também com 14. As duas equipes já conquistaram a vaga na próxima fase. O Botafogo-PB é o terceiro colocado, com 12, e o Sport fecha o G-4, com nove pontos conquistados. No Grupo B, o Confiança é o dono da ponta, com 13, e, assim como o Vitória, vice-líder e com o mesmo número de pontos, tem a classificação bastante encaminhada. Náutico, em terceiro, e Ceará, no quarto lugar, completam com G-4, com 11 pontos cada.

Veja Mais:  Secel oferece novos cursos de formação online em esporte e lazer

Nos próximos dias serão anunciados a tabela detalhada do retorno, os protocolos de saúde e os estádios participantes.

Da redação com CBF

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana