Policial

Operação Codinome resulta em 21 prisões contra alvos investigados por homicídios, organização criminosa e tráfico

Publicado

A Operação Codinome, deflagrada pela Polícia Civil nesta terça-feira (23.11), em Primavera do Leste, resultou no cumprimento de 21 prisões, entre preventivas e temporárias, contra alvos investigados por crimes como organização criminosa no tráfico de drogas, roubo, furto, homicídio e tortura.

Desde as pimeiras horas desta terça-feira, as equipes policiais atuaram no cumprimento das prisões e de sete mandados de busca e apreensão expedidos após investigações conduzidas pelas Delegacias de Primavera do Leste, entre elas a especializada de Roubos e Furtos, a unidade que trata de crimes contra vítimas femininas, crianças e idosos (Dedm) e a delegacia que investiga crimes contra a vida.

Durante a operação, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu dois investigados e apreendeu uma arma de fogo.

Uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas e aprendidas diversas porções de entorpecentes.

A Operação Codinome contou com a participação de 90 policiais civis das Delegacias de Primavera do Leste, Paranatinga, Campo Verde, Poxoréu, além da Derf de Rondonópolis, Derf de Barra do Garças, Derf de Cuiabá; Delegacia Especializada de Entorpecentes, Polinter e Gerência de Operações Especiais.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  Roubo de carga de carne de frigorífico é esclarecido e Polícia Civil cumpre mandados contra grupo investigado

Policial

Roubo de carga de carne de frigorífico é esclarecido e Polícia Civil cumpre mandados contra grupo investigado

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), cumpriu nesta segunda-feira (06.12) mandados judiciais contra quatro suspeitos envolvidos no roubo de um caminhão com uma carga de carne, de um frigorífico em Várzea Grande. Foram cumpridas duas prisões e quatro buscas e apreensão.

Conforme a investigação da GCCO, no dia 15 de setembro, quatro criminosos abordaram o motorista do caminhão e seu ajudante, no início da manhã, na estrada da Guarita, no bairro 23 de Setembro. Armados, os criminosos anunciaram o roubo e levaram consigo o caminhão com câmara fria, pertencente a um frigorífico, que estava carregado com mais de 3 toneladas de carne.

Como apoio da ação criminosa, os suspeitos utilizaram uma S10, de cor prata, modelo antigo. A vítima prestou declarações da GCCO, onde reconheceu três autores do crime, um deles menor de idade.

Na apuração para esclarecer o crime, a GCOO coletou depoimentos das vítimas e uma delas reconheceu três criminosos, um deles, um adolescente que estava armado e foi quem retirou uma das vítimas do caminhão.

Um dos presos, E.R.S.J. era quem comandava toda a ação, dava ordens para o restante do grupo e amarrou as vítimas. Ele foi localizado e preso nesta segunda-feira, no centro de Várzea Grande. Outro investigado foi preso em um posto de combustível no Jardim Industriário, em Cuiabá.

Veja Mais:  Presa por forjar sequestro, Juiz manda soltar empresária em MT

Diante das provas reunidas no inquérito, o delegado Gustavo Belão representou pelas prisões preventivas dos suspeitos, bem como por buscas e apreensões nos endereços dos alvos, além de medidas cautelares cumpridas nesta segunda-feira.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil divulga imagens de autores de execução de advogado e espera chegar à identidade de criminosos

Publicado

Mesmo após dois anos da execução do advogado Antônio Padilha de Carvalho, em Cuiabá, a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Capital continua o trabalho para chegar aos autores e à motivação para o crime.

Antônio Padilha, de 60 anos, foi morto na manhã do dia 04 de dezembro de 2019, no cruzamento da Rua Benedito de Camargo com a Avenida Dante Martins de Oliveira (antiga Avenida dos Trabalhadores), na altura do Jardim Leblon. Ele conduzia seu veículo e tinha como passageira a esposa, que foi atingida por estilhaços da munição. Quando Padilha chegou ao cruzamento das duas vias e parou em um semáforo, uma motocicleta com dois ocupantes emparelhou com o carro do advogado e um dos suspeitos disparou cinco vezes, atingindo o advogado na cabeça, pescoço e tórax.

Na apuração do crime, a equipe coordenada pelo delegado Marcel Gomes Oliveira analisou mais de 800 horas de imagens e foi possível identificar a movimentação dos suspeitos, que já estavam rodando a vítima, desde o bairro Altos do Coxipó, onde o advogado residia.

Após análise de mais de centenas de horas de imagens foi possível verificar que esses suspeitos que estavam rondando o bairro da vítima são os mesmos que o perseguiram pela Avenida Arquimedes Pereira Lima, até o cruzamento da Avenida dos Trabalhadores”, explica o delegado Marcel Oliveira.

Veja Mais:  Quinze motoristas são presos por embriaguez ao volante em MT

Além das imagens, depoimentos colhidos pela DHPP comprovam que os dois ocupantes da motocicleta são as mesmas pessoas que seguiram o carro da vítima e depois a executaram.

A Polícia Civil trabalhou, inicialmente, com a hipótese de roubo seguido de morte. Contudo, no curso da investigação, as evidências reunidas apontaram para uma execução e o delegado espera que a divulgação das imagens dos suspeitos possa auxiliar a equipe policial a chegar na motivação do crime.

“Com a divulgação das imagens dos dois suspeitos, a Polícia Civil espera chegar a alguma informação que leve à dupla que cometeu a execução. E toda informação qie for repassada ao disque-denúncia (número 197) tem sigilo absoluto. Continuamos investigando essa execução”, assegura Marcel.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

PM recupera caminhonete furtada no interior de MT

Publicado

Foto: PMMT

Na manhã desta segunda-feira (06.12), policiais militares do 1º Batalhão localizaram uma caminhonete F-4000 furtada, no bairro Boa Esperança, em Cuiabá. O veículo foi encontrado pela Polícia Militar na cidade de Várzea Grande.

Por volta das 7h, a equipe da PM foi acionada via 190 para atender uma ocorrência de furto de veículo, a vítima procurou a Base UFMT da Polícia Militar e relatou que a caminhonete F-4000, estava estacionada durante a madrugada em frente à sua residência, quando o veículo foi furtado.

Diligências foram realizadas na região e através do sinal do rastreador do veículo, os policiais localizaram a caminhonete abandonada em um canteiro, na Rua Marechal Rondon, no bairro Ipase, em Várzea Grande. O proprietário foi comunicado e teve o veículo devolvido. A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Judiciária Civil.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Veja Mais:  Deu ruim; PM flagra racha de veículos e prende 11 motociclistas em flagrante
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana