Policial

Polícia Civil indicia diretores de hospital particular da Capital por aumento abusivo do preço de consulta

Publicado

Três diretores de um hospital particular da Capital foram indiciados em inquérito policial da Polícia Civil, instaurado pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), para apurar a prática de aumento abusivo de preço ao consumidor, ocorrido no mês de março de 2021, no auge da pandemia do Coronavírus.

Os diretores, responsáveis pelo setor de pronto atendimento da unidade hospitalar, foram indiciados por crimes contra a economia popular, com penas de dois a dez anos de prisão ou multa.

As investigações iniciaram após o hospital reajustar o valor da consulta em seu pronto atendimento de R$ 384,00 para R$ 800,00 reais, ou seja, um aumento de mais de 110%, de um dia para o outro, justamente quando as internações e mortes por Covid-19 estavam em alta no que, até então, era o pior mês da pandemia de coronavírus no Brasil.

Durante a apuração dos fatos, a Decon ouviu os três diretores do hospital particular, que foram os responsáveis pelo reajuste no valor da consulta. Na conclusão das investigações, eles foram indiciados por crime contra a economia popular, que estabelece pena que pode ir de 2 a 10 anos de prisão e multa.

Segundo o delegado da Decon, Rogério Ferreira, os responsáveis pelo aumento abusivo alegaram que os custos de mão de obra e de material usado nos atendimentos subiram muito durante a pandemia, e que não estavam recebendo repasses de valores necessários para arcar com as despesas.

Veja Mais:  Casal é preso quando aguardava para entregar droga em Rondonópolis

“Eles alegaram que o reajuste no valor da consulta era justo e que os clientes que não pudessem pagar tinham opção de procurar o SUS, onde o atendimento é gratuito”, disse o delegado.

Resultados

Após a ação da Polícia Civil e de outros órgãos, como o Procon Municipal de Cuiabá, contra o reajuste no valor da consulta, em abril deste ano, a direção do hospital baixou o valor da consulta para R$ 430,00 reais.

Em julho, o Procon Municipal de Cuiabá considerou abusivo o aumento praticado pelo hospital e aplicou uma multa de quase R$ 700 mil reais, tendo a decisão administrativa transitado em julgado no mês de agosto.

Desde o início da pandemia de coronavírus (Covid-19), a Polícia Civil tem aumentado a fiscalização e o combate à prática de reajustes abusivos de preços ao consumidor em farmácias, supermercados, postos de combustíveis e até em laboratórios e hospitais.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook

Policial

Criminosos metralham veículo onde estava família em MT

Publicado

A Polícia Civil confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que um Ford KA branco foi ‘metralhado’, ontem à noite, em Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá). No carro estavam, um jovem, de 26 anos, esposa e o filho, que não ficaram feridos.

Conforme dados do boletim de ocorrência de tentativa de homicídio no momento que estavam trafegando pela rua José Pinto de Arruda, quando passou uma motocicleta (marca e modelos não informados) com dois suspeitos e o que estava na garupa efetuou ao menos quatro disparos.

Os tiros atingiram a porta do motorista, porém nenhum atravessou a lataria. Agora, a Polícia Civil investigará a motivação do crime.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Comentários Facebook
Veja Mais:  Operação em Jaciara e São Pedro da Cipa prende duas pessoas com veículos de origem ilícita
Continue lendo

Policial

PM é encontrado morto dentro de casa com marcas de tiros em MT

Publicado

O sargento Vander Souza de Oliveira, de 44 anos, que reside em Aragarças-GO e trabalha na Polícia Militar do Estado de Mato Grosso na cidade de Ribeirãozinho-MT, foi encontrado morto na casa dele com disparo de arma de fogo, na tarde desta quinta-feira (20/1).

Familiares acionaram a Polícia Militar de Goiás para registrar esse triste fato. Oliveira, segundo informações preliminares, estariam com problemas emocionais. Oliveira tem 18 anos na Polícia Militar, ele foi iincluído na corporação no dia 27 de outubro de 2003.

“Procede a informação e estou na casa dele onde esse fato aconteceu. E usou um revólver calibre 38. Situação complicada devido ao desespero da família. E pra nós, amigos de profissão, não é fácil ver uma cena como essa. E que nós podemos fazer neste momento é pedir a Deus pelo Oliveira e também pela família que aqui fica que seja confortada”, destacou um militar que esteve na residência do sargento.

O 5º comando regional da Polícia Militar está dando suporte a família neste momento e está preparando uma nota de pesar com informações sobre onde será velado o corpo do militar. Ficam aqui os pêsames da equipe do site Araguaia Notícia à família do sargento Oliveira.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Veja Mais:  Entrega de caminhonetes e de furgão para transporte de presos trazem avanços para Polícia Civil no interior do estado

Da Redação/Araguaia Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais penais recapturam presos, frustram tentativas de fugas e apreendem celulares em unidades de MT

Publicado

Entre os dias 10 e 18 de janeiro, os agentes executaram operações de diversas naturezas dentro e fora das unidades

Foto: Assessoria

Policiais Penais realizaram diferentes operações nos últimos dias nos presídios de Mato Grosso que resultaram na recaptura de presos e apreensão de produtos ilícitos, além de frustrar tentativas de fugas. A informação é do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen-MT) que divulgou nesta quarta-feira (19.01) um balanço de ações referente ao período de 10 a 18 de janeiro.

Os agentes executam ações de diversas naturezas dentro e fora das unidades para garantir a segurança e manter a ordem dentro dos presídios. A Polícia Penal é responsável por zelar pela segurança dos detentos. Entre as operações realizadas o destaque é para a recaptura de três fugitivos da penitenciária de Água Boa; a apreensão de drone que carregava objetos proibidos dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá; e a repressão a tentativa de fuga na Penitenciária Major Eldo de Sá, a Mata Grande, em Rondonópolis.

Confira abaixo, os detalhes das principais ações.

14/01 – Recaptura de mais três fugitivos da penitenciária de Água Boa

Policiais penais recapturaram na sexta-feira (14.01), mais três criminosos que fugiram da Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, na cidade de Água Boa (a 730 km de Cuiabá) no dia 3 de fevereiro. O trio foi encontrado na área rural de Ribeirão Cascalheira (a 880 km de Cuiabá). São eles: Joab da Silva Pontes, Maykon Jose Coghi e Gederlan da Silva Souza.

Veja Mais:  Casal é preso quando aguardava para entregar droga em Rondonópolis

17/01 – Drone e aparelhos celulares são apreendidos na PCE

Na madrugada de segunda-feira (17.01), os policiais penais apreenderam um drone, três aparelhos celulares e outros acessórios na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

Durante vigilâncias e rondas no interior da unidade, os agentes apreenderam o drone que carregava os materiais ilícitos que seriam destinados aos reeducandos. As equipes apreenderam ainda um cabo USB, três fontes de carregador de celular, um fone de ouvido e três chaves de celular para manuseio dos aparelhos.

18/01 – Tentativa de fuga na Mata Grande

Policiais Penais do Plantão Delta da Penitenciária Major Eldo de Sá, a Mata Grande, em Rondonópolis, frustraram uma tentativa de fuga na última terça-feira (18.01). Os reeducandos haviam serrado várias grades e cadeados.

Durante o procedimento de destranca, realizado às 8h, os policiais penais identificaram que cinco grades das celas do raio estavam serradas, junto com alguns cadeados. Havia cerca de 10 presos no local.

Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana