Mato Grosso

Reforma da recepção social do Hospital Regional de Sinop está em fase de acabamento

Publicado

As obras de reforma da recepção social e do setor de emergência do Hospital Regional de Sinop, iniciadas em julho deste ano, estão em fase de acabamento. Após a finalização da obra, prevista para dezembro, o que era o antigo Pronto-Socorro da unidade atenderá todos os usuários com recepção moderna e preparada para a execução dos processos de triagem conforme preconiza o Ministério da Saúde.

Antes das obras, a área reformada era de 1.882,24 metros quadrados, englobando recepção com 25 lugares e 15 leitos. Após a reforma, a área foi ampliada para 2.035,67 m² e 37 leitos, sendo três ‘Box de emergência’, 10 leitos ‘sala amarela’, dois leitos de isolamento, 18 leitos de observação e quatro leitos de pediatria.

A fase de acabamento da obra no Regional de Sinop abrange a conclusão de vários serviços e instalações, como o sistema de combate a incêndios, que está finalizado, climatização e instalação de revestimentos, piso vinílico, forro de gesso, granito, esquadrias, móveis, portas, bate macas, grupo gerador, calhas e rufos, estação de tratamento de ssgoto, rede de dados, quadros elétricos, quadro geral e manta – todos esses processos estão sendo finalizados gradativamente e executados conforme cronograma de entrega da obra.

De acordo com o diretor geral do HRSINOP, Silvério Cardoso Neto, a reforma vai proporcionar atendimento mais organizado. “O atendimento a população no Hospital Regional de Sinop será mais acolhedor, não só pela organização do projeto arquitetônico, mas pela distribuição dos processos feitos com triagem e classificação de risco, o que garante mais agilidade e qualidade de atendimento a todos pacientes”, explica.

Veja Mais:  Mato Grosso recebe 37.440 doses da Pfizer nesta sexta-feira (18)

A nova recepção social e de emergência do Hospital vai dispor também de oito salas de consultórios médicos, e salas de repouso e dormitórios para as equipes de plantão, oferecendo também melhores condições de trabalho para os colaboradores realizarem suas atividades profissionais, além de salas em local estratégico para a farmácia satélite, ouvidoria e serviço social.

Rotinas de atendimento ao público

O fluxo de atendimento a população na recepção social e na emergência possui regimento interno de normas e rotinas que facilitam o atendimento e oferecem mais segurança aos usuários.

A coordenadora do setor de hotelaria, que abrange os serviços de higiene e recepção, Flávia Dockhorn Rodrigues, explica que hoje todas as pessoas atendidas na recepção social e emergência da unidade são identificadas. Cada paciente atendido tem seus dados cadastrados em prontuário eletrônico logo no primeiro atendimento e os visitantes precisam apresentar um documento com foto para receberem a eqiqueta e serem liberados.

“É importante pontuar que, com a nova recepção, as normas e rotinas permanecem as mesmas, só o ambiente que muda, ou seja, fica proibida a entrada de pessoas sem identificação com foto, além da entrada de alimentos no hospital e de crianças menores de 12 anos sem autorização dos pais, do serviço social e coordenações de setor. Dessa forma, a nossa expectativa com o novo espaço é de que os serviços de recepção e acolhimento à população sejam oferecidos com mais qualidade”, conclui.

Veja Mais:  Governo disponibiliza 20 leitos de UTI no Hospital Metropolitano

Horários da recepção

A recepção social do Hospital Regional de Sinop funciona todos os dias das 6h às 22h e a recepção de urgência e emergência, 24 horas. O atendimento ao público no setor administrativo é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O horário de visitas no hospital vai das 14h às 15h, todos os dias, e as visita religiosa das 16h30 às 17h30. O horário de trocas de acompanhantes é das 6h30 às 7h30 no período da manhã e à tarde das 18h30 às 19h30.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo disponibiliza 20 leitos de UTI no Hospital Metropolitano

Publicado


O Governo de Mato Grosso abriu, nesta quinta-feira (17.06), mais 20 leitos de UTI no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. Com a ampliação, a unidade passa a contar com o total de 109 leitos de Terapia Intensiva para o atendimento de pacientes com coronavírus. 

As novas vagas se somarão aos 607 leitos de Terapia Intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS), que já estavam em funcionamento em Mato Grosso e que até esta quarta-feira (16.06), tinham 83% de ocupação.

Somente entre março e maio, foram abertas cerca de 104 novas vagas de UTI. A gestão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informa que as ampliações consideram as propostas encaminhadas oficialmente pelas Prefeituras ao Governo do Estado.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  CGE abre inscrições para webinar sobre "Ouvidoria na Defesa dos Direitos dos Usuários de Serviços Públicos"
Continue lendo

Mato Grosso

Seduc-MT vai lançar processo de remoção para servidores da rede estadual de ensino

Publicado


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) comunica que lançará processo para remoção de profissionais da Educação da rede estadual de ensino. O edital com todas as informações deverá ser publicado em Diário Oficial do Estado a partir do dia 28 de junho.

As Diretorias Regionais de Educação já iniciaram levantamento das demandas de remoção e os profissionais interessados poderão escolher unidades em todo o Estado, após a abertura do procedimento.

Desde 2017 não é realizado procedimento de remoção.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Governo disponibiliza 20 leitos de UTI no Hospital Metropolitano
Continue lendo

Mato Grosso

Mato Grosso recebe 37.440 doses da Pfizer nesta sexta-feira (18)

Publicado


O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 37.440 doses da vacina da Pfizer para a imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. A nova remessa chegará em Mato Grosso às 09h45 desta sexta-feira (18.06), no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, por voo da Latam. 

De acordo com o Informe Técnico do Programa Nacional de Imunizações, as doses da Pfizer serão direcionadas às pessoas com comorbidades ou deficiência permanente, gestantes ou puérperas com comorbidades, aos trabalhadores do Ensino Básico e trabalhadores das Forças de Segurança, Salvamento e Armada. 

O Ministério da Saúde também deve encaminhar nesta sexta-feira, às 10h20, por voo da Azul, um total de 34.000 doses de CoronaVac para completar esquema vacinal em cidadãos de Mato Grosso. 

O detalhamento para cada público das vacinas poderá ser acessado na resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), divulgada após a chegada dos imunizantes. Para a vacina da Pfizer, o prazo de aplicação da segunda dose é de até 12 semanas. Já para a vacina CoronaVac, o prazo da segunda dose varia entre 14 e 28 dias.

Imediatamente após a chegada dos imunizantes, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes, no encaixotamento para distribuição e retirada dos municípios.

Simultaneamente à operação logística, as equipes administrativas trabalham na resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB), colegiado que oficializa o quantitativo de doses a ser destinado para os 141 municípios.

Veja Mais:  Pesquisa aponta que 89% dos servidores do TCE-MT se sentiram acolhidos durante período de teletrabalho

Mato Grosso já recebeu 1.501.230 doses de imunizantes contra a Covid-19 e aguarda a chegada da nova remessa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana