Policial

Polícia Civil prende homem que mandou recados de ameaças a juiz por decretar prisão da esposa

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, em trabalhos da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), prendeu em flagrante um homem que fez ameaças a uma pessoa próxima ao magistrado Marcos Faleiros da Silva, da 7ª Vara Criminal (Vara Especializada do Crime Organizado), que foi o juiz responsável pela decretação das 233 ordens judiciais da operação “Red Money”, deflagrada na quarta-feira (08), para desmantelar e descapitalizar a principal facção criminosa de Mato Grosso.

O suspeito, Rafael Dhiego Gorget Camargo, foi preso em flagrante, na tarde de quinta-feira (09), por incidência nos crimes de integrar organização criminosa e ameaça. Ele faz uso de tornozeleira eletrônica e foi preso no Fórum de Cuiabá, quando acompanhava audiência da esposa, Keyla Regina Balduino, que foi presa na operação.

Segundo as investigações, logo após a deflagração da operação Red Money, o suspeito telefonou para uma pessoa próxima e ligada ao juiz de direito, Marcos Faleiros, proferindo uma série de ameaças em razão da prisão de sua mulher e apreensão de veículos.

No contexto das ameaças, o suspeito mandou recado, por meio dessa pessoa, falando que algo de grave aconteceria ao magistrado, caso a prisão preventiva de sua esposa, Keyla Regina Balduino, não fosse revogada.

Ainda durante o telefonema, o suspeito reconheceu ter responsabilidade sobre os crimes imputados à sua esposa, demonstrando ocupar posição de destaque na organização criminosa investigada na operação Red Money.

Veja Mais:  Doze postos fiscalizados em ação conjunta são aprovados na qualidade dos combustíveis

O suspeito, após ser autuado em flagrante, foi encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.

A Operação

A operação Red Money foi realizada pela Polícia Judiciária Civil, sob a coordenação da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), com o objetivo de desestruturar a base financeira da principal facção criminosa de Mato Grosso, cujas lideranças estão presas na Penitenciária Central do Estado.

Foram decretados 94 mandados de prisão (30 alvos estão dentro de presídios), 59 mandados de busca e apreensão e 80 ordens judiciais de bloqueio de contas correntes, e outras medidas cautelares de sequestro de bens e valores (1 fazenda no município de Salto do Céu, 2 casas e 1 terreno em Cuiabá, 2 caminhões e 5 automóveis), interdição de duas empresas. As ordens foram deferidas pelo juiz de direito, Marcos Faleiros da Silva, da 7ª Vara Criminal – Vara Especializada do Crime Organizado.

A investigação iniciada há mais de 15 meses teve como foco a apreensão de  patrimônio e  descapitalização da  facção criminosa. Segundo a apuração, a organização desenvolveu internamente um sistema de arrecadação financeira próprio, criando assim um grande esquema de movimentação financeira e lavagem de dinheiro, com utilização de empresas de fachadas, contas bancárias de terceiros, parentes de presos, entre outros.

Por meses, os analistas estudaram o sistema de arrecadação financeira da facção criminosa descobrindo três fontes principais de recursos: 1. Mensalidade paga pelos faccionados, chamadas de “camisa”; 2. Cadastramento e mensalidades pagas por traficantes ou por cada ponto de venda de droga, conhecidas por “biqueiras”; e 3.  Cobrança de “taxa de segurança” de comércios (extorsão de comerciantes).

Veja Mais:  Após confronto entre policia e bandidos carro pega fogo

Comentários Facebook

Policial

Dois homens são presos e 11 tabletes de maconha apreendidos pela PM

Publicado

Dois homens, de 24 e 28 anos, foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, no bairro Bela Vista, em Cuiabá. Na ocorrência, a Polícia Militar apreendeu 11 tabletes de substância análoga à maconha e mais de 30 porções da mesma droga, além da quantia de R$ 550,00 em dinheiro.

Conforme o boletim de ocorrência, no final da noite de sexta-feira (24.06), uma equipe do Grupo de Apoio (GAP) encontrou um suspeito saindo de uma quitinete que dispensou uma sacola, que estava em sua mão, ao visualizar a viatura da PM. Imediatamente, foi realizado procedimento de abordagem e revista pessoal, onde foram localizadas três porções de maconha.

Questionado sobre os entorpecentes, o suspeito disse que realizaria uma entrega e que teria mais drogas em sua residência. Os policiais militares se deslocaram para o imóvel e encontraram os 11 tabletes e outras 30 porções de maconha, além da quantia de R$ 550,00 em dinheiro. 

O suspeito ainda afirmou que as drogas seriam de um outro homem, fato comprovado por meio de troca de mensagens, e informou o seu endereço. A equipe do GAP foi até a referida residência e encontrou o segundo suspeito, que não resistiu a prisão e foi detido pela PM.

Diante dos fatos, os dois suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes, junto com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis.

Veja Mais:  Polícia Civil incinera 1 tonelada de drogas em Rondonópolis

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Quadrilha é presa com simulacro de fuzil, pistola e drogas em Várzea Grande

Publicado

Policiais militares do 6º Batalhão prenderam três homens e uma mulher por trafíco ilícito de drogas e associação ao tráfico no bairro Ouro Verde, em Várzea Grande.

Durante ação criminosa, os militares apreenderam dois airsoft, sendo um de fuzil e outro de pistola, 25 porções de pasta base de cocaína, mais de R$ 800 e diversos materiais.

Segundo informações do boletim de ocorrência, durante patrulhamento pela região, os policiais foram acionados, no último sábado (25.06), de que havia um grupo, em um veículo Corola, branco, fornecendo entorpecentes pela região e que um deles era monitorado por meio de tornozeleira eletrônica e portava uma arma de fogo.

Diante das características do grupo, os policiais rapidamente conseguiram identificá-los em uma rua vicinal, em frente a uma residência entregando uma mochila de cor preta. 

Durante varredura, os policias encontraram na mochila um simulacro de fuzil e uma porção de substância análoga à cocaína. Já no interior de casa, a polícia encontrou um simulacro de pistola, diversas porções de entorpecentes, materiais para embalagem e R$ 847 em espécie. 

Os suspeitos e os materiais apreendidos foram encaminhados à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer. 

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Veja Mais:  Em Ronda, PM descobre comércio de armas em Várzea Grande
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Militar prende suspeito por homicídio em Poconé

Publicado

Policiais militares da 6º Companhia Independente prenderam neste domingo (26.06), um homem, de 37 anos, por homicídio, no bairro Bom Pastor, no município de Poconé (105 km de Cuiabá). Os militares apreenderam um revólver calibre 38 e seis munições.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada, via rádio patrulha, para se deslocar até a rua Pinheiro Machado para atender o chamado. 

Os policiais identificaram uma mulher, de 33 anos, que havia sido executada por três disparos de arma de fogo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) já havia sido acionado por testemunhas.

A Polícia Militar recebeu informações do paradeiro do suspeito do crime. Rapidamente os militares se deslocaram até a casa do suspeito. 

Com ele, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 e seis munições, sendo quatro deflagradas e duas intactas.  O homem foi encaminhado à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer. 

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Polícia Rodoviária aplica mais de 15 mil testes do bafômetro no Natal
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana